Nas Bancas

Figuras Públicas apelam à solidariedade na inauguração de exposição de pintura

Figuras Públicas apelam à solidariedade na inauguração de exposição de pintura

Figuras Públicas apelam à solidariedade na inauguração de exposição de pintura

A iniciativa 'Esperança de Vida' destaca pintores nacionais e ajuda na luta contra o cancro do pulmão.

Redacção Caras
10 de abril de 2009, 00:00

O objectivo desta iniciativa é simples: juntar a arte da pintura a uma causa solidária, premiar os artistas e, ao mesmo tempo, recolher fundos para a investigação do cancro do pulmão. Foi com este espírito solidário que dezenas de figuras públicas compareceram na cerimónia de inauguração e atribuição do Prémio Esperança de Vida, organizado pela empresa Merck e que conta com o apoio da Casa Real Portuguesa. Apesar de um problema de última hora ter impedido a duquesa de Bragança de inaugurar a exposição na Faculdade de Ciências Médicas de Lisboa, os muitos convidados não deixaram de elogiar a iniciativa e o trabalho dos 12 artistas que se associaram a esta causa, oferecendo parte das vendas ao Grupo de Estudos do Cancro do Pulmão. Justificando a escolha desta entidade, a organização da iniciativa recorda que a doença é responsável pela morte de 3500 portugueses todos os anos. Para os artistas, esta é uma forma de ganharem visibilidade e, simultaneamente, ajudarem uma boa causa. A vencedora deste ano, Sílvia Franco Frazão, recebeu um prémio de 1500 euros."Iniciativas como esta, que juntam solidariedade e arte, são sempre de elogiar, e a razão maior para a minha presença. Estão aqui expostos belos quadros que dignificam ainda mais este projecto", explicou Isabel de Palmela. Já a pintora Helena Pedro Nunes recordou ser "uma tradição o mundo artístico unir-se a causas solidárias", acrescentando: "O cancro do pulmão é uma doença que conheço bem, porque, infelizmente, já afectou alguns amigos."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras