Nas Bancas

Ricardo Dourado revisita os anos 30

Ricardo Dourado revisita os anos 30

Ricardo Dourado revisita os anos 30

O estilista apostou na criatividade e sofisticação

Redacção Caras
15 de março de 2009, 00:00

Com uma colecção fortemente marcada pelos tons escuros, Ricardo Dourado pretende transportar-nos para os anos 30, uma altura fortemente influenciada pela crise financeira, tal como acontece actualmente. Contudo, e apesar de ser uma fase bastante pessimista, acabou por acontecer o que normalmente surge em altura de crise, uma vez que se assiste a épocas de muita criatividade e sofisticação.A apresentação das propostas dividiu-se em três momentos bem distintos e os próprios modelos deixaram transparecer as diferentes fases. Num primeiro tempo as peças são mais estruturadas e justas ao corpo, depois surgem as propostas oversize, seguidas de modelos longos e fluidos, completamente desconstruídos, que não perdem a sofisticação e feminilidade. No final do desfile, o designer de moda, que vê "cada colecção como a continuação da anterior", revelou que depois de todo o trabalho a sensação é de "alívio" e que se sente "pronto para outra".

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras