Nas Bancas

'Quem quer ser bilionário' gera polémica na Índia

'Quem quer ser bilionário' gera polémica na Índia

'Quem quer ser bilionário' gera polémica na Índia

O salário dos jovens actores e o nome do filme têm originado contestação

Redacção Caras
3 de março de 2009, 00:00

O grande vencedor dos Óscares tem dado muito que falar, não só o filme, mas também o elenco. Depois do sucesso alcançado mundialmente, há grandes contestações por parte do povo indiano, que tem vindo a criticar o nome original do filme, defendendo que se trata de uma violação à dignidade dos moradores do local, já que 'slumdog' significa 'cão dos bairros de lata'. Aliás, a indignação é tanta que já foi feita uma queixa em tribunal. Mas este não é o único motivo da polémica, também o salário dos jovens actores Azharuddin Ismail, que encarna Salim, e Rubina Qureshi, que dá vida a Latika, tem sido muito contestado em relação ao pagamento do restante elenco. De acordo com a família do menino, este não recebeu mais de 2800 euros, enquanto que a menina terá recebido pouco mais de 820 euros pelo seu desempenho em Quem quer ser bilionário. Já a produtora alega que o valor recebido pelos jovens é três vezes superior ao salário anual de um adulto na Índia e que, para além disso, foi criado um fundo para pagar os estudos das crianças até que estas completem 18 anos. E, quando concluírem os estudos ser-lhes-á também dada uma determinada quantia em dinheiro.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras