Nas Bancas

Separada de Carlos Marín há três semanas, Innocence apresenta o seu disco em Portugal

Separada de Carlos Marín há três semanas, Innocence apresenta o seu disco em Portugal

Separada de Carlos Marín há três semanas, Innocence apresenta o seu disco em Portugal

"Não sei se haverá reconciliação. Vivemos um dia de cada vez."

Redacção Caras
25 de fevereiro de 2009, 00:00

Com um pai que foi mágico e com uma mãe que foi bailarina, parece óbvio que Innocence tenha escolhido uma carreira ligada às artes. Desde pequena que os palcos e andar de cidade em cidade fazem parte do seu quotidiano. Apaixonada pela música, a artista espanhola ficou conhecida pelos musicais em que participou. Entre a televisão e o teatro, Innocence sempre quis ter uma carreira a solo e, depois de alguns anos de espera, o seu sonho tornou-se real. Innocence é o seu primeiro disco e a cantora veio a Portugal para apresentar este seu trabalho a um público que diz ser "caloroso e simpático": "Há um momento na carreira de um cantor em que nos apetece ter algo próprio. E eu queria muito fazer este álbum, que tem uma sonoridade completamente diferente do que se tem ouvido. É um pop rock sinfónico, o que resulta muito bem nos concertos. Eu adoro o espectáculo, um palco cheio de bailarinos, com cenários únicos. Quero levar a magia ao público. Já estamos a preparar os concertos e talvez volte a Portugal para actuar no Verão."Mas não é só na sua vida profissional que Innocence está a passar por mudanças. Juntos há 16 anos, a artista e Carlos Marín, um dos elementos do grupo Il Divo, decidiram, há cerca de três semanas, colocar um ponto final na sua relação.Nada fazia prever este desfecho, uma vez que há menos de três anos os dois cantores oficializaram a sua relação com um casamento que aconteceu na Disneyland de Los Angeles. Apesar de ser uma fase delicada, a artista garante que a amizade e o carinho mútuo sobreviveram à separação: "Eu e o Carlos continuamos muito próximos. Posso mesmo dizer que somos como irmãos. A amizade prevaleceu e continuamos a trabalhar juntos, o que prova a excelente relação que temos mesmo depois de nos separarmos. Não sei se haverá reconciliação. Vivemos um dia de cada vez e estamos os dois muito bem."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras