Nas Bancas

Sónia Araújo, Vítor Martins e Carolina entusiasmados com a dupla gravidez

Redacção Caras
15 de janeiro de 2009, 00:00

A cinco meses de voltar a ser mãe, Sónia Araújo é uma mulher feliz. Depois da surpresa de saber que ia ter gémeos, a apresentadora da RTP está agora radiante com a certeza de que são dois rapazes, um desejo que tanto ela como o marido, o empresário Vítor Martins, já tinham manifestado. A CARAS falou com Sónia Araújo durante uma sessão fotográfica para o próximo catálogo da Modalfa e a apresentadora confirmou que a gravidez não tem conhecido sobressaltos. "Está tudo a correr normalmente, exactamente como é suposto." Apesar disso, Sónia diz que "está a ser diferente da primeira vez, agora sinto mais os bebés e comecei a senti-los mais cedo. Além disso, estou mais pesada, porque são dois, e tenho uma barriguita maior do que da anterior gravidez". Encantada com a ideia de ter dois irmãos, que deverão nascer em Maio, está a pequena Carolina, de cinco anos. "Há muito tempo que a Carolina nos pedia um irmão. Era uma coisa que ela queria muito, e agora está a adorar o facto de ter dois de uma vez", conta Sónia Araújo. "Há muito tempo que a Carolina pedia um irmão e está a adorar o facto de ter dois de uma vez." (Sónia) Apesar de sempre ter mostrado um grande desejo de aumentar a família, a apresentadora confessa que quando soube que ia ter gémeos ficou um pouco assustada. "Toda a gente acha muito giro nos outros, e de facto é muito engraçado ver dois bebés da mesma idade, mas a verdade é que nunca pensamos que nos vai acontecer a nós. Na realidade, nunca tinha pensado que me poderia acontecer a mim", revela. "Parece-me que a ideia de ter dois bebés assusta sempre os pais e as mães. Connosco não foi diferente, mas depois do choque inicial, a felicidade é muito grande", acrescenta. Apesar da enorme alegria, a apresentadora do programa Praça da Alegria diz estar consciente de que, pelo menos numa fase inicial após o nascimento, "vai ser um grande stresse, porque o trabalho é a dobrar, e quem já teve um filho sabe daquilo que estou a falar". No entanto, assegura, "não é nada que nos deixe muito ansiosos ou muito preocupados", até porque, como refere, sorridente, "somos dois e temos a Carolina para nos ajudar". "Não estamos a pensar fazer grandes alterações lá em casa. Para já, vai tudo ficar como está." (Sónia) A alegria de ser mãe de gémeos aos 38 anos é partilhada com o marido, com quem está casada há oito anos. Quando souberam que iam ter dois bebés, Sónia e Vítor procuraram apurar se já existiam casos na família, uma vez que não tinham conhecimento de nenhum. "Quando indagámos os nossos familiares, descobrimos que realmente, na família do Vítor, já existiram casos de gémeos", conta Sónia, explicando: "Embora o factor genético e hereditário pese, não é determinante. Nas famílias que têm gémeos, alguma vez tem que ser a primeira!" O casal já está a ponderar nomes para os bebés, mas nada está ainda decidido. "Temos muito tempo", sublinha a apresentadora, que, embora consciente da reviravolta que o seu ambiente familiar vai sofrer, optou por não pensar muito no futuro e usufruir ao máximo da gravidez. "Para já, não temos pensado muito no que virá depois do parto. Ainda é cedo. Mas daqui a uns meses já poderemos dizer o que é que mudou e como estamos a encarar essas mudanças", prometeu Sónia, sempre bem-disposta e sorridente.Este Natal já foi vivido de forma especial, mas Sónia Araújo acredita que o próximo vai ser bem mais intenso. "Para o ano, eles já vão cá estar e, aí sim, vai ser um Natal único, o primeiro deles connosco. Mas claro que este já foi muito especial, principalmente pela surpresa que foi!" "Nunca tinha pensado que me poderia acontecer ter gémeos. Depois do choque inicial, a felicidade é muito grande." (Sónia) Energia é coisa que não falta a esta mulher multifacetada, pelo que ser mãe de gémeos não deverá assustá-la em demasia. Para além do programa matinal que apresenta diariamente na RTP, Sónia Araújo deu a conhecer aos portugueses os seus dotes enquanto bailarina e, mais recentemente, o seu talento enquanto designer de jóias. Muito confiante no seu papel de pré-mamã, fez questão de dizer que "gravidez não é doença" e assegurou que irá trabalhar "até a gravidez o permitir", o que espera que aconteça "até ao final". No entanto, tem consciência de que com o passar do tempo terá que abrandar o ritmo de trabalho, até porque uma gravidez de gémeos pode ser mais exigente.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras