Nas Bancas

Filho de John Travolta morreu devido a convulsão

Filho de John Travolta morreu devido a convulsão

Filho de John Travolta morreu devido a convulsão

Segundo um funcionário da agência funerária, citado pela Associated Press, o corpo do jovem não apresentava qualquer traumatismo

Redacção Caras
6 de janeiro de 2009, 00:00

Uma fonte próxima da família de John Travolta e Kelly Preston terá afirmado à revista People que a autópsia, realizada ontem, revelou que Jett Travolta, de 16 anos, morreu devido a uma convulsão. O mesmo afirma a agência de notícias Associated Press, que cita um funcionário da funerária que está a tratar do processo. Segundo este funcionário, a palavra 'convulsão' consta na certidão de óbito recebida pela funerária. Acrescenta ainda que o corpo do jovem não apresentava qualquer sinal de traumatismos, apesar dos rumores de que o filho do actor poderia ter batido com a cabeça na banheira. De qualquer forma, aguarda-se a divulgação dos resultados oficiais da autópsia.Jett Travolta foi encontrado inconsciente na sexta-feira de manhã, na casa de banho do apartamento que os seus pais possuíam no hotel The Old Bahama Bay. O adolescente foi declarado morto depois de ter sido transportado de ambulância para o Rand Memorial Hospital, em Freeport. No domingo, John Travolta quebrou dois dias de silêncio e afirmou que ele e a sua mulher estão "arrasados" com a perda repentina do filho de apenas 16 anos. De acordo com o jornal inglês The Daily Mirror, o actor terá tentado desesperadamente reanimar Jett. "Fiz tudo que pude para mantê-lo vivo. Fiz respiração boca a boca durante cerca de 20 minutos. Ele tinha um pouco de pulso e eu não podia desistir. Foram os paramédicos que o tiraram dos meus braços", contou Travolta. Segundo os advogados do actor, Michael Ossi e Michael McDermott, o jovem tinha convulsões com alguma frequência, apesar do uso de medicamentos poderosos. "Cada ataque era como uma morte", declarou Ossi. De acordo com Michael McDermott, a família está revoltada com as insinuações de que Jett teria sido vítima de descuido. "Houve notícias de que Jett ficava sozinho durante várias horas. Isso é falso e está a causar muito sofrimento à família. Havia duas babás com ele durante toda a noite. Ele era supervisionado constantemente", afirmou o advogado.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras