Nas Bancas

Mia Rose revela: "A minha preocupação é ser uma artista, não uma estrela"

Mia Rose revela: "A minha preocupação é ser uma artista, não uma estrela"

Mia Rose revela: "A minha preocupação é ser uma artista, não uma estrela"

A cantora é a quarta mais vista de sempre na internet, com mais de 70 milhões de 'pageviews', e foi convidada por Rania da Jordânia para visitar o seu país e fazer uma música com um produtor amigo da rainha

Redacção Caras
27 de novembro de 2008, 00:00

À primeira vista, o nome Maria Antónia Sampaio Rosa passa despercebido, mas o mesmo não acontecerá com Mia Rose, nome pelo qual se tornou conhecida há dois anos, altura em que saiu do anonimato graças aos vídeos do You Tube, em que aparece de guitarra na mão e a cantar no seu quarto. Aos 20 anos, a sua música já foi ouvida e 'vista' por milhões de pessoas, e tem sido com os pais, o irmão mais novo e o namorado, Lourenço Ortigão, de 19 anos, que a jovem tem partilhado esta mudança na sua vida. Actualmente, e depois de uma experiência falhada nos Estados Unidos, Mia prepara-se para gravar o seu primeiro álbum, em Portugal, através da Cherry Entertainment. Foi depois de uns dias passados em Londres, cidade onde nasceu, que a CARAS falou com a artista e ficou a saber como a música é realmente o que a faz feliz.- Sempre quis cantar?Mia Rose - Desde pequena, cantar sempre foi o meu sonho. O meu pai sempre gostou muito de música e gostava de artistas antigos, como Dina Washington, Marvin Gay, e por isso eu passava horas a cantar essas músicas. Desde então, não tenho feito outra coisa. [risos] Na escola, já cantava em festivais e em concursos de talento. Comecei a levar isto mais a sério quando comecei a tocar guitarra, aos 18 anos. Aprendi através da internet. Como já escrevia e compunha as minhas próprias músicas, fiquei com mais vontade de seguir esta carreira.- Tornou-se conhecida através do vídeo que colocou no You Tube. O intuito era mesmo esse ou apenas queria expor o seu trabalho?- Foi uma forma de expressão, uma brincadeira.- Incomoda-a ser conhecida como a menina da internet?- É tão diferente de ser conhecida por um concerto que se deu... Às vezes preferia ser reconhecida como música do que como a menina da internet. Sou uma das primeiras desta geração de artistas que começou na internet, por isso, também pode ser considerado uma honra.- A sua vida mudou muito desde então...- Mudou logo no primeiro mês. Foi tudo muito drástico e rápido. Duas semanas depois, já estava nos Estados Unidos, onde acabei por viver sozinha seis meses, e assinar um contrato. Agora estou mais habituada a que esse tipo de coisas possa acontecer.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras