Nas Bancas

Mulheres famosas rendem-se aos milagres da maquilhagem

Mulheres famosas rendem-se aos milagres da maquilhagem

Mulheres famosas rendem-se aos milagres da maquilhagem

A Dior organizou um final de tarde diferente no corner que a marca dispõe no El Corte Inglés, e foram algumas as caras conhecidas que por lá passaram

Redacção Caras
13 de novembro de 2008, 00:00

Um brilho nos lábios, as pestanas alongadas e um tom nas maçãs do rosto podem fazer uma diferença substancial na imagem feminina. É por isso que são cada vez mais as mulheres que se rendem aos poderes da maquilhagem e procuram manter-se a par das últimas tendências. Para facilitar essa 'descoberta', a Dior organizou um final de tarde diferente no corner que a marca dispõe no El Corte Inglés, e foram algumas as caras conhecidas que por lá passaram.A apresentadora de televisão Liliana Campos foi uma delas. Sentada frente ao espelho, enquanto esperava para experimentar os novos tons da marca francesa criada por Christian Dior, foi confessando: "A maquilhagem pode tornar-se um vício. Usar gloss, pôr blush ou apenas realçar os olhos com um toque de rímel pode fazer diferença. Aposto que a maioria das mulheres, se tivesse tempo antes de sair de casa, gostaria de se maquilhar." A empresária Isabel Jorge de Carvalho, por seu lado, confessou que consegue sair para a rua de 'cara lavada': "Saio de casa sem me maquilhar, mas acho que todas as mulheres deveriam sair de casa maquilhadas, incluindo eu. Por vezes basta um batom ou um toque de blush para ficarmos com outro ar."A arquitecta de interiores Cristina Santos Silva e a directora da Cartier em Lisboa, Mitó Cunha, são exemplos de mulheres que se preocupam com a imagem e até mesmo no dia-a-dia, quando não estão a trabalhar, não dispensam o blush, o rímel e o batom. "Jamais saio de casa sem me maquilhar. Acho que todas as mulheres deveriam ter esse cuidado", defende Cristina Santos Silva. Mas o bem-estar de uma mulher também depende do estado de espírito, como explicou o maquilhador profissional Júnior Cedeño, que faz parte da proteam internacional da Dior: "O que interessa é que as mulheres se sintam felizes. Mas se há dias em que estão com o moral em baixo, a maquilhagem pode ajudar... e muito."Depois de elogiar a beleza dos rostos das portuguesas que beneficiaram dos cuidados dos seus pincéis, o maquilhador espanhol deixou alguns conselhos úteis: "Recomendo que as mulheres que têm uma pele jovem e fresca não apliquem muita quantidade. A maquilhagem deve ser suave e não excessiva."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras