Nas Bancas

Marta Rebelo: Uma mulher que dá cor à política

Marta Rebelo: Uma mulher que dá cor à política

Marta Rebelo: Uma mulher que dá cor à política

"Nunca escondi que sou feminina, como toda as pessoas tenho a minha quota de vaidade"

Redacção Caras
13 de novembro de 2008, 00:00

Assume-se como extrovertida e irrequieta. Não nega a vaidade, nem se esquece de dizer que é competente no que faz, seja como jurista ou como deputada do Partido Socialista.Aos 30 anos, já viveu um processo de divórcio, mas garante que continua a ser uma mulher de paixões e emoções fortes, ainda que disciplinada e metódica. É fanática pelo Benfica, discute os aspectos do jogo com o mesmo à-vontade com que analisa o Orçamento de Estado, uma vez que as suas especialidades são as finanças públicas e o Direito Fiscal.A política não tem que ser cinzenta, gosta de dizer, ainda que confesse ser difícil lutar contra o preconceito de ser uma mulher bonita num mundo de homens. "É difícil ser levada a sério", desabafa na entrevista que se seguiu a uma produção fotográfica de várias horas. - Quem é a Marta Rebelo? Marta Rebelo - Sou uma pessoa extrovertida que gosta de se rir, porque é fundamental para viver. Sou metódica, disciplinada, teimosa e irrequieta, porque gosto de fazer muitas coisas ao mesmo tempo, ainda que já tenha aprendido que não poderei fazer tudo o que gostava de fazer. Vivo a tentar equilibrar as minhas existências e as minhas dúvidas existenciais. Penso que sou boa amiga, adoro conversar e acho que sou competente no que faço, o que numa jovem mulher na política já não é pouco. - Por aquilo que acabou de dizer, sente que é levada a sério enquanto deputada? - Um amigo já me disse milhares de vezes que uma mulher para ser levada a sério tem de fazer a prova duas vezes. É verdade. Muitas vezes sinto esse preconceito, mas como já ultrapassámos tantos preconceitos, vamos também conseguir ultrapassar este. Confesso que nem sempre encaro esta situação com o mesmo ânimo, mas luto todos os dias contra ele sem a certeza de que no fim me vão levar a sério.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras