Nas Bancas

Wanda e Tatiana von Breisky: "Temos vivido um triste turbilhão de emoções"

Wanda e Tatiana von Breisky: "Temos vivido um triste turbilhão de emoções"

Wanda e Tatiana von Breisky: "Temos vivido um triste turbilhão de emoções"

Pouco mais de um ano depois da morte do pai, o barão Stefan von Breisky, as duas filhas ainda se mostram abaladas, mas prosseguiram com a sua vida

Redacção Caras
7 de novembro de 2008, 00:00

Desde a morte do pai, o barão Stefan von Breisky, Wanda, de 32 anos, e Tatiana, de 27, têm-se mantido longe da comunicação social. Foi como regressar ao passado e à vida recatada que sempre tiveram e da qual saíram apenas para defender a honra, o bom nome e a memória do pai, que morreu a 2 de Agosto de 2007, despertando algumas notícias polémicas que sugeriam quezílias familiares.Passou pouco mais de um ano e o ciclo negativo parece estar finalmente a terminar. Após a morte do pai, as baronesas austríacas Wanda e Tatiana von Breisky enfrentaram ainda a morte dos avós maternos, que também viviam em Portugal. Recentemente, Wanda decidiu fixar-se definitivamente em Portugal, de onde tinha saído com 17 anos. - Como tem sido a vossa vida neste último ano?Wanda e Tatiana - Tem sido bipolar no que diz respeito às emoções. Desgastante devido à tristeza, mas muito preenchida pelo amor que nos une e pelo incrível apoio que nos tem sido dado pela nossa mãe, pela família e pelos amigos. Olhando para trás, parece que passaram dez anos. Vivemos e experimentámos um triste turbilhão de emoções que tornaram ainda mais difícil ultrapassar tudo. Foi muito em apenas um ano.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras