Nas Bancas

Joana Seixas: "Gostava de ter mais filhos em breve e não quero só um"

Joana Seixas: "Gostava de ter mais filhos em breve e não quero só um"

Joana Seixas: "Gostava de ter mais filhos em breve e não quero só um"

A actriz, de 32 anos, vive um momento de estabilidade emocional ao lado de Pedro Xavier

Redacção Caras
16 de outubro de 2008, 00:00

Não gosta especialmente de aparecer nas páginas das revistas, embora entenda que pode ser importante para a sua vida profissional que isso aconteça. Gosta de guardar para si momentos mais especiais da vida pessoal, mas também compreende que exista curiosidade sobre eles. Aos 32 anos, Joana Seixas tornou-se um rosto incontornável da representação em Portugal e teve de aprender a conviver com as consequências da exposição pública. Parece ter encontrado um equilíbrio, e neste momento é evidente que vive uma fase feliz tanto a nível pessoal como profissional. No papel da protagonista da novela da SIC Podia Acabar o Mundo, Vera Sarmento, a actriz tem vivido emoções difíceis de esquecer: "A Vera é uma personagem com muitas dimensões e muito complexa. Para mim, esse é o lado interessante dela, pois deixa o espectador na dúvida sobre qual será o rumo ou objectivo dela. Está a ser um trabalho muito interessante."Foi na sequência de uma manhã divertida e descontraída, onde foi evidente o à-vontade da actriz diante da máquina fotográfica, que Joana conversou com a CARAS e revelou o desejo de ser mãe para o ano, assim como falou da sua separação de João Reis, de quem tem um filho, Francisco, de sete anos, e da felicidade por ter encontrado Pedro Xavier, proprietário de uma quinta pedagógica em Loures, com quem namora há três anos e meio. - Li que assim que conheceu o Pedro sentiu que ele era o homem perfeito para si. É uma sensação especial, a de sentir que encontrou a sua cara-metade?Joana Seixas - Foi um pouco estranho, mas de facto com o Pedro foi assim: quando comecei a conhecê-lo e a criar uma relação com ele, percebi que não havia 'volta a dar'. [risos] O Pedro é uma pessoa que encaixa na minha vida na perfeição. Para além de ter um sentido de humor fantástico, o que para mim é fundamental, e de ser uma pessoa que está de bem com a vida, dá-se muito bem com o Francisco e lida muito bem com a minha profissão. Não é fácil uma pessoa entrar numa relação já com um filho e com os acréscimos todos que a minha profissão tem. Ele encara tudo com tanta naturalidade que até eu passei a levar mais a vida dessa forma. [risos]

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras