Nas Bancas

Catherine Zeta-Jones: "Estou pronta a sacrificar a minha carreira"

Catherine Zeta-Jones: "Estou pronta a sacrificar a minha carreira"

Catherine Zeta-Jones: "Estou pronta a sacrificar a minha carreira"

Casada com o actor Michael Douglas, pai dos seus filhos, Dylan e Carys, a actriz galesa, de 39 anos, procura manter a vida familiar à margem do 'circo' de Hollywood. E tem sido bem-sucedida a conciliar tudo

Redacção Caras
16 de outubro de 2008, 00:00

"A pior coisa de ter várias casas é querer usar um determinado vestido e pensar que ficaria lindamente com um certo par de sapatos... que então me lembro estar em Maiorca ou nas Bermudas, onde eu não estou! Por isso é que tenho de ter duplicados. É uma coisa que tenho de explicar continuamente ao meu marido", conta Catherine Zeta-Jones, com a gargalhada franca que caracteriza esta actriz britânica nascida no País de Gales e por quem o actor Michael Douglas, 25 anos mais velho, caiu de amores.Zeta-Jones, de 39 anos, descreve com sentido de humor o primeiro encontro com a estrela de Hollywood, durante o Festival de Cinema de Deauville, em 1998, depois de ter contracenado com Antonio Banderas em A Máscara do Zorro: "Eu estava aterrorizada por ir conhecê-lo. Estava no meu papel de inglesa bem-comportada e interessante quando ele me diz que quer ser pai dos meus filhos! Imaginem a lata, conseguir dizer uma coisa destas no primeiro encontro!" Dylan, de sete anos, e Carys, de cinco, provam que Douglas acabou por levar a melhor, e o certo é que o casal parece ter encontrado um equilíbrio muitas vezes difícil de observar em Hollywood. Um dos segredos, revela a actriz, novamente divertida, é o facto de não terem de partilhar tudo: "Para que um casamento seja um sucesso, cada um deve ter a sua própria casa de banho." Mais a sério, Zeta-Jones encontra parte da explicação para a sua felicidade familiar no facto de conseguirem viver à margem do circuito de Hollywood, graças, precisamente, ao facto de terem várias casas em zonas pouco procuradas, das Bermudas a Maiorca, passando pelo País de Gales e pelo Canadá, embora tenham também um apartamento em Manhattan, com vista para o Central Park. De todas, a casa que ocupam durante mais tempo é a das Bermudas, uma construção datada de 1821 que está há muitos anos na família materna de Michael Douglas. "É um sítio fácil para se viver e os nossos filhos tornaram-se miúdos da ilha. É lá que vão à escola, é lá que têm os amigos. Assim que têm oportunidade, despem-se, descalçam-se e desatam a correr nus por ali. O Michael chega a ficar de lágrimas nos olhos a observá-los. Fica radiante por poder vê-los crescer na mesma ilha onde ele próprio passou os Verões da sua infância, e é um excelente pai."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras