Nas Bancas

Exposição de jóias de Virgílio Seco seduz pela irreverência da colecção

Exposição de jóias de Virgílio Seco seduz pela irreverência da colecção

Exposição de jóias de Virgílio Seco seduz pela irreverência da colecção

O criador reuniu vários amigos em Lisboa para dar a conhecer os seus mais recentes trabalhos

Redacção Caras
14 de outubro de 2008, 00:00

Colares, anéis, brincos ou pulseiras são acessórios que a maioria das mulheres não dispensa no seu dia-a-dia. Melhor ainda se tiverem assinatura, como é o caso da colecção agora apresentada por Virgílio Seco na Galeria Art Lounge, depois de três anos sem expor em Lisboa. "Estou muito contente, sobretudo por ver pessoas que me conhecem há muito tempo e que ainda não conheciam as minhas peças. Isso dá-me imenso prazer. A colecção está muito bem exposta e já tive mais uns convites", partilhou o criador, satisfeito com a oportunidade de reunir alguns amigos. A colecção agradou e suscitou interesse sobretudo pela irreverência e requinte, como referiu a decoradora Maria Eduarda Monteiro Grilo: "Já vi e revi esta colecção, já comprei e uso peças do Virgílio há muito tempo. Sou fã número um. Adoro jóias, aliás, qual é a mulher que não gosta?"

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras