Nas Bancas

Cinha Jardim mostra ousadia e coragem num 'tentadero'

Cinha Jardim mostra ousadia e coragem num 'tentadero'

Cinha Jardim mostra ousadia e coragem num 'tentadero'

Uma brincadeira na herdade de João Moura proporcionou fotos divertidas e uma conversa reveladora

Redacção Caras
14 de outubro de 2008, 00:00

Sempre mostrou ser uma verdadeira mulher dos sete ofícios, mas nem por isso se torna menos inesperado ver Cinha Jardim num tentadero. A experiência aconteceu na herdade de João Moura, no Alentejo, onde a CARAS testemunhou a bravura de Cinha e o seu talento para montar a cavalo. Para já, tratou-se de um cenário controlado, mas Cinha não descarta a hipótese de um dia tourear realmente numa corrida, nem que seja por brincadeira...- É uma verdadeira aficionada?Cinha Jardim - Sou uma grande aficionada dos touros e, para além disso, tenho muitos amigos no toureio, nomeadamente o João Moura, que conheço desde os 16 anos. Assisti à alternativa dele, agora aos 30 anos de carreira, e fui mesmo madrinha de uma corrida onde ele esteve este ano.- Esta paixão pelos touros vem de família?- Sim. Nós, família Jardim, sempre fomos grandes aficionados de touradas. Havia um senhor que tinha um camarote no Campo Pequeno que nos iniciou nesta arte quando chegámos a Portugal. Ia a família toda...- E hoje vive com emoção cada corrida de touros a que assiste?- Sim, com bastante emoção e fico mesmo nervosa quando vejo alguns amigos na arena. Quando vejo o João Moura, por exemplo, ou os filhos. E depois, acho muito engraçado ver as raparigas a tourear.- Gostava de ter tentado a sua sorte no toureio?- Gostava bastante, mas já não fui a tempo. Cheguei a Portugal com 17 anos e penso que já era tarde para começar. Mas não posso fazer tudo. Talvez um dia, por brincadeira, possa tentar. Esta experiência já foi bastante interessante. Além disso, tenho também uma paixão muito grande por cavalos. E admiro muito as mulheres que toureiam.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras