Nas Bancas

Novo livro acusa Sarkozy de ser bruto

Novo livro acusa Sarkozy de ser bruto

Novo livro acusa Sarkozy de ser bruto

'Amor, Ruptura e Traição' retrata a vida amorosa do Chefe de Estado francês

Redacção Caras
30 de setembro de 2008, 00:00

A vida do Presidente francês está novamente em livro. Desta vez, a obra, intitulada Amor, Ruptura e Traição, é da autoria do jornalista Hubert Coudurier, e denuncia Nicolas Sarkozy como uma pessoa bruta e bastante agressiva.Segundo o livro, que fala sobre as relações amorosas do Chefe de Estado, o marido de Carla Bruni teve uma discussão tão feia com a ex-mulher, Cécilia, na altura da segunda volta das eleições presidências que a ex-primeira-dama francesa fez inclusivamente uma queixa à polícia. Todavia não foram tomadas quaisquer medidas contra Sarkozy.A obra de Coudurier revela ainda que o Presidente "é extremamente respeitador para com quem está do seu lado. Mas pode também ser um bruto". No entanto, ao que tudo indica e de acordo com os seus assessores, o Chefe de Estado da França tem o mau feitio mais atenuado desde que se casou com a ex-modelo e cantora.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras