Nas Bancas

Lúcia Garcia e Mário Franco contam como conseguem ser pais dedicados e um casal apaixonado ao mesmo tempo

Lúcia Garcia e Mário Franco contam como conseguem ser pais dedicados e um casal apaixonado ao mesmo tempo

Lúcia Garcia e Mário Franco contam como conseguem ser pais dedicados e um casal apaixonado ao mesmo tempo

O casal de manequins revelou, numa conversa descontraída na praia dos Canoeiros, no Algarve, qual é o segredo para quatro anos de casamento

Redacção Caras
24 de setembro de 2008, 00:00

Diz-se que o nascimento do primeiro filho nem sempre é fácil na vida de um casal. Mudam-se os hábitos, as vontades, todas as atenções vão para o bebé e o casal acaba por se esquecer de pequenos pormenores essenciais à 'sobrevivência' de um casamento. Lúcia Garcia e Mário Franco contam à CARAS, numa conversa franca, como foi necessário muito amor e compreensão para ultrapassarem esta fase e resistir aos primeiros tempos após o nascimento de Matilde, agora com 11 meses.- O nascimento do primeiro filho pode complicar a vida de um casal. Há até relações que não resistem. Como foi no vosso caso?Mário Franco - Quando um bebé nasce, tem de haver aprendizagem, não só do casal, mas também da família inteira, até para não darem demasiadas opiniões.Lúcia Garcia - As pessoas têm de se adaptar. De repente, vivemos só para a bebé, é uma preocupação constante. E, sem querer, as mães esquecem um pouco o resto, do marido e também delas próprias. E não pode haver esse esquecimento.Mário - E mesmo que haja esse esquecimento, os maridos têm de compreender e perceber que é só durante o primeiro ano, porque depois as coisas acabam, eventualmente, por voltar ao normal. Tem de haver cedências de ambas as partes, e é isso que é um casamento. Fácil seria sair, deixar a mulher nesse período de adaptação, quando as coisas começam a correr mal. O difícil é manter um casamento. Tem de se manter o conceito de família que havia antigamente, senão, quem sofre é a criança.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras