Nas Bancas

Karen e Filipe Gaidão vão ter um filho

Redacção Caras
10 de setembro de 2008, 00:00

Desde que as suas vidas se cruzaram que Karen, de 36 anos, e Filipe Gaidão, de 31, tiveram a certeza de que iriam ficar juntos para sempre. Confirmaram essa certeza no altar, no dia 29 de Março último, e dentro de alguns meses o amor que sentem um pelo outro vai ser enriquecido com o nascimento do primeiro filho em comum. Grávida de apenas oito semanas, a apresentadora da Sport TV, que já tem dois filhos, Mário Jardel Jr., de 11 anos, e Victória, de nove, fruto do seu anterior casamento, com o futebolista Mário Jardel, partilhou, sem receios, a sua felicidade com a CARAS, dias depois de ter regressado de umas férias com Filipe, no Brasil. Já o jogador de hóquei (que se vai estrear como actor na próxima novela da SIC, Vitória), que já é pai de Sebastião, de nove anos, filho de Paxi Canto Moniz, foi mais cauteloso, mas acabou por também se manifestar sobre o momento único que está a viver. - Há mulheres que preferem guardar segredo até completarem os três meses de gestação. Pelos vistos não é supersticiosa...Karen - No Brasil, quando uma mulher fica grávida, anuncia logo. Acredito muito em Deus, portanto, a gravidez vai correr bem. Se assim não acontecer, não será porque contei ou deixei de contar. Acho que aqui muitos casais evitam falar da gravidez em público antes dos três meses de gestação, pois se algo correr mal evita-se que as pessoas fiquem tristes, mas no meu caso acredito que tudo vai dar certo. Se fiquei grávida, é porque vai vingar. Estou grávida de oito semanas, dois meses, mas se não acontecer da forma que estou a prever, tentamos mais uma vez. "Estamos juntos há ano e meio e todos os dias têm sido felizes. Nunca tivemos uma zanga. Somos muito pacíficos." (Karen) - O Filipe pensa da mesma forma?Filipe - Sou mais cauteloso. No início via a Karen a contar a toda a gente e preferia manter-me calado. Aliás, ela chegou a perguntar-me se eu não estava feliz. Quero muito ter este filho e claro que estou muito feliz, no entanto, queria ver primeiro se está tudo bem com o bebé. Mas depois percebi que a Karen tem razão. Se tiver de correr bem, corre... - A Karen é portadora de hepatite C. Isso não acarreta riscos para a gravidez?- Sou portadora desde que nasci, mas não estou preocupada, e não é uma gravidez de risco. Aliás, os meus filhos não contraíram a doença, já que a probabilidade de isso acontecer no parto é baixa, e menor tratando-se de cesariana. - Este bebé vem reforçar os laços entre vocês?Karen - Queríamos muito este bebé. Mesmo antes de nos casarmos, já dizíamos que queríamos ter um filho nosso. É uma bênção de Deus. Tínhamos de ter o nosso filho para abençoar o nosso casamento. Já temos três, porque eu trato o Sebastião como se fosse meu filho e o Filipe trata os meus filhos como se fossem dele, mas este vai ser o filho dos dois. "Acho que juntos temos condições de mostrar aos nossos filhos o caminho correcto (...) Damos-lhes muito amor." (Karen) - Têm vivido esta gravidez como se fosse a primeira?Filipe - É sempre uma sensação nova. É especial, porque é um filho desejado, e isso deixa-nos muito felizes, mas já nos sentíamos uma família. - Vive este momento com tranquilidade?Karen - Sim, talvez porque já tive dois filhos e também porque me sinto com maior maturidade. - Cada dia que passa ganham mais certezas de que encontraram a pessoa certa?Filipe - Nunca nos teríamos casado se não tivéssemos certezas. Vivemos juntos seis meses antes de nos casarmos e já sabíamos o que queríamos.Karen - Estamos juntos há um ano e meio e todos os dias têm sido felizes. Nunca tivemos uma zanga. Somos muito pacíficos. - Mas mesmo num casamento feliz por vezes há momentos de discórdia...- Claro. Por vezes discordamos um do outro, mas sentamo-nos e conversamos. Entre nós nunca houve discussões a sério. Dialogamos muito, há muita cumplicidade e muita compreensão. E também há cedências de parte a parte. "Estou grávida de dois meses. (...) Sou portadora de hepatite C desde que nasci, mas não é uma gravidez de risco." (Karen) - Por vezes é bom as pessoas casarem-se no auge da paixão, para as pessoas caminharem na mesma direcção...- Estamos juntos há um ano e meio e a paixão ainda não passou. Às vezes a paixão dá lugar a um amor mais sólido e no nosso caso também foi assim, mas é curioso que continuamos a sentir a mesma paixão. Passamos quase 24 horas por dia juntos e, quando não é assim, sentimos falta um do outro... - Não temem que seja prejudicial para a vossa relação passarem 24 horas do dia juntos?- Por enquanto, não. Fazemos tudo juntos, só nos separamos quando vamos trabalhar. - Têm noção de que um bebé poderá roubar algum do tempo que teriam para se dedicar um ao outro?Filipe - Estamos conscientes disso, mas não vai atrapalhar nada, porque temos a vantagem de podermos estar juntos o dia quase todo. E já temos três filhos, por isso, mais um não vai alterar nada. Estamos quase sempre com as crianças, são cada vez menos as vezes que saímos os dois sozinhos. - Isso ajuda-vos a valorizar ainda mais o tempo que passam a dois?- Claro, e nesses momentos, que são fundamentais para nós, preferimos optar por viajar, como aconteceu desta vez. "É sempre uma sensação nova. E é especial porque é um filho desejado." (Filipe) - Estas férias devem ter sido quase uma segunda lua-de-mel, ainda por cima porque culminaram da melhor forma...- Embora a Karen só tenha feito o teste de gravidez em Portugal, quando estávamos no Brasil eu já desconfiava que a Karen estava grávida, pois andava um pouco enjoada, mas ela dizia que não... - E pelos vistos acertou. Há alguma coisa que vos preocupe em relação à educação dos vossos filhos?Karen - Temos a obrigação de lhes mostrar o caminho certo, mas o destino está mais ou menos traçado. Considero-me uma boa mãe, o Filipe é um excelente pai, e acho que juntos temos condições de mostrar aos nossos filhos o caminho correcto. - Que caminho é esse?- São os princípios básicos, como não mentir, ser honesto acima de qualquer coisa, procurar a sinceridade e ter bom carácter. Damos-lhes muito amor, para que tenham bom coração, o resto parte deles...

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras