Nas Bancas

Com 35 anos de carreira, Herman José continua igual a si próprio

Com 35 anos de carreira, Herman José continua igual a si próprio

Com 35 anos de carreira, Herman José continua igual a si próprio

"É interessante conseguir manter o equilíbrio entre as horas de anonimato e as horas em que somos o centro das atenções"

Redacção Caras
6 de agosto de 2008, 00:00

Sempre que pode, Herman José refugia-se no Algarve, até porque é lá que se sente realmente bem. Por isso, foi no café por baixo da casa que tem na Marina de Vilamoura que a CARAS marcou encontro com o humorista. Chegou com o seu estilo irreverente, na companhia da mãe, Maria Odette Krippahl, e falou-nos dos seus trinta e cinco anos de profissão, mas também do seu novo projecto, visto que renovou contrato com a SIC. "Estou encantado só de imaginar que a partir de Setembro podemos abrir uma nova fase que seja interessante para todos e continue a reforçar esta paixão que tenho pela profissão. Para já, só posso adiantar que o programa será inspirado no Chamar a Música", disse, misterioso.A profissão que tem obrigado Herman a ter apenas alguns dias de descanso, até porque, apesar de estar de férias televisivas até Setembro, continua com os seus espectáculos pelo País. "Durante o ano vou roubando alguns dias da semana para vir para cá, por isso esta também passou a ser uma das minhas principais casas e não apenas para o Verão. É aqui que me concentro e gosto de escrever", contou.Apesar de já não saber viver sem o som das palmas, Herman também tem consciência de que há alturas em que é necessário passar despercebido, até porque é isso que faz com que mantenha os pés assentes na terra. "Nestas coisas da popularidade, é interessante conseguir manter o equilíbrio entre as horas de anonimato, também para não acharmos que somos demasiado importantes, e as horas em que somos o centro das atenções. Tenho perfeita noção de que sou um felizardo por poder fazer, dentro do meu país, aquilo de que realmente gosto, e duvido que se tivesse nascido num país como os Estados Unidos estivesse a fazer a mesma coisa, pois seria um entre muitos", disse o humorista.A sua carreira tem sido impulsionadora para novas gerações de comediantes, facto que deixa Herman feliz e orgulhoso. Afinal, isso deixa-lhe "um lugar sentado na história do espectáculo português".

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras