Nas Bancas

Lágrimas e emoção no último adeus a Fernanda Baptista

Lágrimas e emoção no último adeus a Fernanda Baptista

Lágrimas e emoção no último adeus a Fernanda Baptista

A missa foi um dos momentos mais emotivos da cerimónia fúnebre, que terminou no Cemitério de Queluz

Redacção Caras
31 de julho de 2008, 00:00

Era evidente a tristeza de todos os familiares e amigos no dia do funeral de Fernanda Baptista, cuja missa decorreu na Basílica da Estrela, em Lisboa. Aos 89 anos, a fadista e actriz de revista, criadora de êxitos como Fado da Carta, morreu na madrugada do passado dia 25, no Hospital de Cascais, onde se encontrava internada. Com 54 anos de palco, Fernanda foi primeira figura de várias operetas e revistas, pelo que foram vários os profissionais do espectáculo e da televisão que quiseram despedir-se da fadista.Amigas há 56 anos, Anita Guerreiro não conseguia esconder a tristeza, até porque, segundo a própria, sentia-se como se tivesse perdido uma das suas irmãs. "Vou recordá-la com muita saudade e muito carinho, pois éramos realmente irmãs, verdadeiras amigas do coração, sem nunca termos tido uma palavra que causasse qualquer tipo de desconforto", confessou a fadista e actriz, sem conseguir conter a emoção.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras