Nas Bancas

José Castelo Branco na faceta de cantor

"Até entrar em palco, estou prestes a 'cortar as veias', mas quando vejo o público, há algo de sobrenatural que se apodera de mim." (J.C.B.)

Redacção Caras
31 de julho de 2008, 00:00

Depois dos reality shows e do circo, o canto é a nova excentricidade de José Castelo Branco, que há dois anos prepara um CD, que deverá finalmente chegar ao público no Outono. Uma primeira apresentação deste trabalho foi feita há dias, no Porto, com a divulgação do single In The City. "Nervoso não estou, mas sim muito ansioso. Até entrar em palco, estou prestes a 'cortar as veias', mas quando vejo o público, há algo de sobrenatural que se apodera de mim", explicava o artista nos bastidores, acompanhado pela CARAS. A preparação do espectáculo levou várias horas: após o ensaio, o artista andou numa roda-viva, por entre telefonemas a acertar pormenores técnicos, cabeleireiro, maquilhagem e a escolha da indumentária. E como a CARAS testemunhou, houve ainda tempo para um último telefonema à mulher, Betty Grafstein, que se encontra em Nova Iorque. "Estou com uma tristeza enorme por ela não estar ao meu lado", confessava, acrescentando: "Como artista, nunca estou satisfeito e estava a sentir uma grande necessidade de me recriar." O breve espectáculo aconteceu no clube Bela Cruz e reuniu dezenas de admiradores e curiosos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras