Nas Bancas

Hernâni Carvalho faz pausa nos crimes e escreve sobre o amor

Hernâni Carvalho faz pausa nos crimes e escreve sobre o amor

Hernâni Carvalho faz pausa nos crimes e escreve sobre o amor

"Tudo o que faço na vida é com paixão, e escrever um livro não foi diferente."

Redacção Caras
17 de julho de 2008, 00:00

Cansado das histórias criminais, Hernâni Carvalho lança agora "não um romance, mas uma história de amor", como faz questão de dizer. Azul Suai é um livro de ficção, que conta algumas histórias reais e se inspira noutras, que aconteceram durante a época em que o autor viveu em Timor, no ano 2000, quando o país estava em guerra. "Tudo o que faço é com paixão, e escrever este livro não foi diferente. Escrevi-o em cima do acontecimento, em 2001, por isso muitas das notas foram relatadas a quente", conta o jornalista.Hernâni diz que não é um homem romântico, afirmação de que a sua mulher, Cristina, com quem está casado há 12 anos, se vê obrigada a discordar: "Quando nos conhecemos, ele fez-me uma coisa que nunca mais esqueci: um dia bateu-me à porta e, quando abri, tinha várias flores espalhadas à entrada da casa. Isso é de um homem romântico. Acho é que a vida dele, os casos com que lida diariamente, o tornam uma pessoa muito preocupada, não menos romântica. É um homem apaixonado pela vida e pelas coisas boas." Companheira de todas as horas, Cristina foi também a primeira pessoa a quem o jornalista mostrou o que escreveu: "Motivei-o sempre imenso. No dia em que ele acabou o livro, li-o de uma ponta à outra. E amei. Disse-lhe logo que tinha de o publicar."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras