Nas Bancas

Joana Rangel e Pedro Pereira: casamento de conto de fadas

Redacção Caras
9 de julho de 2008, 00:00

Como a maioria das crianças, Joana Rangel cresceu a ouvir contos de fadas que tinham como momento alto um casamento de sonho. Por isso, desde muito pequena que sonhava ser protagonista de um casamento assim. E foi precisamente esse desejo que a jovem, hoje com 25 anos, concretizou no passado dia 5, quando uniu o seu destino ao de Pedro Pereira, de 32 anos. A histórica Sé Catedral do Porto - onde foi baptizado o infante D. Henrique -, construída em duras pedras de granito, fortes como o amor dos noivos, e decorada para a ocasião com belíssimos arranjos de rosas brancas, foi testemunha da cerimónia religiosa. Joana chegou à Sé num Rolls Royce Silver Wraith II branco e, pelo braço do pai, o empresário Eduardo Rangel, percorreu a passadeira vermelha, que a levou até ao altar, onde Pedro a aguardava com algum nervosismo. Para este dia inesquecível, a noiva escolheu um vestido do ateliê do costureiro portuense Rui Mário Mendonça, de seda, tule e renda bordada, que conjugou com umas sandálias prateadas incrustadas com cristais Swarovski, numa alusão ao sapato de cristal da história da Cinderela. Trocados os votos de amor eterno e as alianças que selaram a sua união, o casal foi saudado à saída da igreja pelos cerca de 400 convidados, retribuindo-lhes com um brinde com champanhe. A médica dentista e o arquitecto seguiram, então, ao volante de um Chevrolet Corvette descapotável, para a Casa de Serralves, cujos jardins percorreram de charrette. Neste deslumbrante cenário decorreria o coquetel de boas-vindas, a que se seguiu o jantar, servido numa tenda decorada em tons rosa-fúchsia e branco e com rosas e orquídeas de vários tons. E foi com alegria que os convidados assistiram à chegada dos noivos, incapazes de esconder o seu amor. "Damo-nos muito bem e vamos ser muito felizes e conseguir construir uma família", assegurou Joana à CARAS. Cúmplice, Pedro assumiu que esperou muito por este dia: "É um sonho que está finalmente a concretizar-se! A Joana é linda, tem uma personalidade forte e nós temos os mesmos objectivos de vida." Durante o copo-d'água, os convidados foram brindados pelas performances de animadores que declamaram poesia, dançaram, apresentaram quadros de mímica e cantaram, dando um colorido bem original à festa. "Esta é a festa da Joana, um dia com que sempre sonhou e que sempre quis que fosse original, e está a ser um casamento muito bonito. Estou muito feliz", partilhou o pai da noiva com a CARAS. Também Emília Rangel estava encantada com a festa: "É um casamento de fadas, como a minha filha queria, está lindo! Espero que eles sejam muito felizes, não só neste dia, mas pela vida toda." Entre os convidados que partilharam com os noivos este dia de emoções fortes contavam-se várias figuras do mundo empresarial, da política e do jornalismo. "Espero que este espírito de felicidade e amor que se vê neles continue sempre", comentou o empresário Mário Ferreira, amigo de longa data da família Rangel. Deixando de lado desavenças políticas por umas horas, Luís Marques Mendes conviveu alegremente com colegas de outros quadrantes. "Isto não é uma reunião política, é um casamento muito bonito. É uma confraternização com muito requinte e boa disposição. Aqui, o que contam são as relações pessoais e as amizades", referiu, bem-humorado, o ex-líder do PSD. Amiga da família da noiva há vários anos, Judite de Sousa manifestou-se encantada com a festa, não poupando elogios ao cenário: "Não podia ter sido mais bem escolhido. Serralves é uma grande referência e um espaço muito bonito." Ao jantar seguiu-se um espectáculo de pirotecnia, após o qual foi cortado o bolo de noiva. E era chegado o momento do baile, aberto pela noiva e pelo pai ao som de uma valsa. De volta aos braços do noivo, Joana dançou com ele ao som de The Time of My Life, de Carly Simon, imitando na perfeição a cena do conhecido filme Dirty Dancing. A festa prosseguiu muito animada pela noite dentro, terminando com uma reconfortante ceia. Os noivos partiram, depois, em lua-de-mel, que se vai prolongar por um mês e terá como primeiro destino Bora Bora, na Polinésia francesa. Joana e Pedro seguirão posteriormente para o Havai, sendo as últimas escalas Los Angeles e São Francisco. Para o futuro, não faltam sonhos e projectos. Um deles é aumentar a família dentro de dois anos, com o primeiro dos três filhos que desejam ter.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras