Nas Bancas

Aos 58 anos, Edite Estrela fala de amor sem limites

Aos 58 anos, Edite Estrela fala de amor sem limites

Aos 58 anos, Edite Estrela fala de amor sem limites

A CARAS conversou com a deputada do Parlamento Europeu durante o lançamento do livro 'Amor sem Limites', da autoria de Maria do Céu Santo

Redacção Caras
9 de julho de 2008, 00:00

Há quatro anos a fazer a ponte aérea entre Lisboa e Bruxelas, Edite Estrela, de 58 anos, deputada e presidente da delegação portuguesa do grupo socialista no Parlamento Europeu, diz que, apesar da correria e das saudades da família, ainda aguentaria "mais um tempo a fazer este trabalho". A confissão foi feita por ocasião do lançamento do livro da médica Maria do Céu Santo, Amor sem Limites, título que apresentou e que deu o mote à conversa que a CARAS teve a oportunidade de manter com a eurodeputada. "No amor, não é só a quantidade que conta, mas também a qualidade. Já passei a barreira dos 50 anos e, portanto, já tenho um amor mais maduro, com outro tipo de exigências, que não é propriamente a frequência mas, como eu dizia, a qualidade. É importante que haja harmonia entre o casal, que as pessoas encontrem o seu equilíbrio afectivo e que haja grande compreensão entre os dois", começou por dizer Edite Estrela, quando lhe propusemos falar do seu "amor sem limites" pelo deputado Rui Vieira, seu marido, pelas filhas, Patrícia e Filipa, e pelos netos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras