Nas Bancas

Família de Pavarotti chega finalmente a consenso sobre partilha de bens

Família de Pavarotti chega finalmente a consenso sobre partilha de bens

Família de Pavarotti chega finalmente a consenso sobre partilha de bens

A batalha entre as filhas e a viúva do cantor parece ter terminado

Redacção Caras
1 de julho de 2008, 00:00

Depois de uma conturbada disputa em relação à herança do tenor, parece que agora existe finalmente acordo entre as suas fillhas e a viúva, Nicoletta Mantovani, quanto à divisão dos bens. A notícia foi divulgada por Anna Maria Bernini, advogada da mulher do falecido cantor. Segundo afirmou, os bens de Luciano Pavarotti "foram divididos de forma equitativa e compatível com os parâmetros legais." Recorde-se que foi já na fase final da sua luta contra o cancro que o tenor italiano escreveu o seu testamento, no qual estipulou que metade dos seus bens ficariam para a sua mulher e a outra metade para as suas filhas, embora tenha definido que tudo o que possuía nos Estados Unidos ficaria para Nicoletta. No entanto, após a sua morte, em Setembro do último ano, não houve entendimento entre as suas três filhas, frutos do seu primeiro casamento, com Adua Veroni, e a sua viúva, com quem também teve uma filha, Alice, de cinco anos. Em causa esteve desde sempre uma fortuna de cerca de dois milhões de euros, que gerou grande polémica e despoletou a discórdia. Apesar da relação conturbada, sabe-se que a mansão de Colle San Bartolo, em Pesaro, vai pertencer às três filhas mais velhas, segundo deu a conhecer a advogda de Nicoletta. No entanto, Bernini não quis adiantar mais pormenores sobre o acordo feito entre a sua cliente e as filhas do tenor, remetendo mais informações sobre o pacto para o final do mês de Julho.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras