Nas Bancas

Matilde Mourinho revela: "Este ano foi muito bom em todos os sentidos"

Matilde Mourinho revela: "Este ano foi muito bom em todos os sentidos"

Matilde Mourinho revela: "Este ano foi muito bom em todos os sentidos"

Redacção Caras
25 de junho de 2008, 00:00

Foi com emoção e muita felicidade que Matilde Mourinho, mulher de José Mourinho, actual treinador do Inter de Milão, assistiu à festa que assinalou o fim do ano lectivo dos filhos do casal, José Mário, de seis anos, e Matilde, de 11. Este último ano foi vivido em pleno pela família, em Setúbal, e, segundo a mulher do treinador, foi também graças ao apoio da comunidade e, principalmente, da Academia de Música e Belas-Artes Luísa Todi, onde os filhos concluíram este ano lectivo, que tudo correu pelo melhor. "Eles tiveram boas notas e adoraram, correu tudo muito bem. Este ano foi muito bom em todos os sentidos, primeiro, porque descansámos, mas, especialmente, porque convivemos mais com a família, e isso foi fundamental. Para eles foi óptimo estarmos em Setúbal, ao pé dos amigos e da família." No final do espectáculo, intitulado Morada que É Nome de Poeta, elaborado em parceria com a academia e o grupo Tok'arte, que teve lugar no Fórum Luísa Todi, Matilde estava visivelmente satisfeita e orgulhosa com o espectáculo em que os seus filhos tinham participado, conforme explicou à CARAS: "Acho que foi uma festa diferente daquelas que é usual fazerem-se no final do ano, foi um trabalho bastante interessante. Aliás, esta é uma academia de música, por isso, só seria de esperar um espectáculo diferente e muito bonito." Contente com o sucesso do ano escolar dos filhos, Matilde confessou-se muito grata a Maria Manuela Lopes, membro da direcção da academia, a quem fez questão de agradecer. Por seu lado, Maria Manuela garantiu que os filhos de Mourinho são crianças fáceis e muito sociáveis, conforme nos contou: "Mesmo não tendo entrado no início do ano lectivo, eles adaptaram-se muito bem e fizeram muitos amigos. A Matilde é uma líder e o José é muito solidário, e isso faz com que qualquer um deles tenha facilidade em travar amizades."Como seria de esperar, até porque já estão habituados e faz parte das suas vidas, Maria espera que as crianças venham a dar-se bem em Itália. "Tenho a certeza que a adaptação deles vai ser óptima, pois são crianças que estão muito bem preparadas para estas situações."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras