Nas Bancas

Domingas Leite Castro e Vítor Ferreira selam união de um ano

Redacção Caras
25 de junho de 2008, 00:00

Há dias inesquecíveis na vida de uma pessoa e um deles é certamente o do casamento. Ao fim de um ano de namoro, Domingas Leite Castro, de 36 anos, e Vítor Ferreira, de 28, decidiram dar esse passo, com uma cerimónia civil que se realizou nos jardins da Casa do Ribeirinho, em Matosinhos, no passado dia 14 de Junho. A felicidade do casal era evidente e foi testemunhada pelos cerca de 200 convidados, entre familiares e amigos mais próximos. Apesar deste ser o seu segundo casamento, a relações-públicas não estava menos entusiasmado por isso. "Foi um dia muito bom para mim e estou muito feliz. Daqui para a frente é uma vida a dois que se constrói, mais completa, preenchida e cheia. Entre nós estava tudo perfeito, porque não casar e tornar esta união mais forte? Entre nós existe muito amor, amizade e companheirismo, uma grande cumplicidade e quisemos celebrar com os nossos amigos a nossa felicidade e o desejo de estarmos juntos", justificou a noiva, que usou um vestido branco em tafetá de seda natural, da autoria do estilista espanhol Manuel Moca. Já para o professor de ténis, esta foi uma estreia, que conseguiu enfrentar sem aparentar nervosismo. "Sou uma pessoa supertranquila, e este é um dos dias mais felizes da minha vida. Esta festa para os amigos é algo que queríamos muito fazer e é a concretização de um sonho. Não é preciso namorar muito tempo para casar e apostar na união. Agora temos a nossa casa, começamos a viver juntos e a construir o nosso lar", declarou.Satisfeitos com esta união estavam as famílias dos noivos. "Estou feliz e acho que chegou a hora dele ser feliz. Estão os dois bem um para o outro. Gosto muito da Domingas", contou Maria José Ferreira, mãe do noivo, o seu único filho.Desejos de felicidade e, sobretudo, de que rapidamente o casal tenha um bebé foram os mais ouvidos pelos amigos presentes. "O que nos traz até aqui é um sentimento que tem muita força e eles queriam muito viver este dia, era um objectivo grande para eles e eu só quero que continuem assim, felizes como estão, porque dá gosto vê-los. E que tenham um bebé. Acho que já está na hora dela ter um bebé!", afirmou Cláudia Jacques. Um pedido que é capaz de ter eco nos próximos tempos, como referiu Domingas: "Nós adoramos crianças e quando estiver na altura certa, isso acontecerá. Nós queremos muito." O copo d'água beneficiou da simplicidade de uma decoração clássica em tons discretos, muito apoiados no branco, e as mesas tinham cada uma delas uma fotografia diferente dos noivos em momentos diversos do seu namoro. Foi ao som do clássico She, de Elvis Costello, que se cortou o tradicional bolo de noiva e, de seguida, como manda a tradição, o casal abriu o baile. A festa prosseguiu noite dentro, com a animação que seria de esperar. Para já, o casal vai ficar por Portugal, num destino que preferiu não revelar, gozando apenas umas curtas férias a dois, porque a verdeira lua-de-mel será realizada em pleno Inverno. Duas semanas que serão passadas longe do país, num local paradisíaco, com muito sol e praias convidativas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras