Nas Bancas

Música de Carla Bruni gera polémica na Colômbia

Música de Carla Bruni gera polémica na Colômbia

Música de Carla Bruni gera polémica na Colômbia

O Ministro dos Negócios Estrangeiros colombiano está ofendido com a letra de uma música do novo álbum da cantora

Redacção Caras
24 de junho de 2008, 00:00

O novo disco de Carla Bruni só vai estar nas lojas no próximo dia 21 de Julho, mas já faz correr muita tinta. O Ministro dos Negócios Estrangeiros da Colômbia afirmou, na passada semana, estar "magoado" com uma das letras do terceiro álbum da primeira-dama francesa. O tema que veio gerar polémica no país do Presidente Álvaro Uribe é Comme si de rien n'était, que tem uma passagem que traduzida será qualquer coisa como "tu és a minha droga, mais letal que a heroína do Afeganistão, mais poderosa que o pó da Colômbia." De acordo com o Ministro dos Negócios Estrangeiros colombiano, Fernando Araújo, "vindo da boca da mulher do Presidente [Nicolas Sarkozy], consideramos esta afirmação muito lesiva para a Colômbia." Acrescentando que, no seu entender, "é o que acontece quando se mistura política com arte, é lamentável."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras