Nas Bancas

Reencontro emocionado de Rita com os pais em Genebra

Durante o encontro, a apresentadora não conseguiu conter as lágrimas.

Redacção Caras
11 de junho de 2008, 00:00

Eduardo Ferro Rodrigues ocupa o cargo de chefe da delegação portuguesa na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico), o que o fez mudar-se para Paris há dois anos e meio, juntamente com a sua mulher, Filomena Aguilar, mas sem os filhos gémeos, Rita e João. Para matar as saudades, Rita Ferro Rodrigues todos os dias fala mais do que uma vez com os pais ao telefone e, sempre que pode, viaja para a capital francesa. Por seu lado, quando a agenda profissional do ex-secretário-geral do PS permite, ele e a mulher apanham o primeiro avião para Portugal, pelo que não costumam estar afastados uns dos outros durante longos períodos. Desta vez, a separação já tinha um mês e meio, por isso, assim que Rita aterrou em solo suíço - onde esteve com o namorado, Rúben Vieira, para assistir ao primeiro jogo Portugal-Turquia -, ligou de imediato aos pais, que também foram assistir ao grande derby. A CARAS testemunhou o encontro entre todos, que acabou por ser mais fugaz do que o previsto inicialmente, uma vez que durante os poucos minutos que estiveram juntos a apresentadora de televisão foi assediada por muitos portugueses, na sua grande maioria emigrantes, que não perdem o programa Contacto que vêem a partir da SIC Internacional. Depois do reencontro, Rita revelou: "Quando descobri os meus pais no meio da multidão, fiquei com um nó na garganta. Dei-lhes muitos abraços e beijinhos, mas ainda fiquei com mais saudades." Emocionada, Filomena Aguilar confessou: "Foi muito bom para nós a Rita ter vindo a vosso convite, pois assim deu para matar um bocadinho as saudades."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras