Nas Bancas

Irene Pimentel aplaudida por familiares e amigos ao receber Prémio Pessoa 2007

Irene Pimentel aplaudida por familiares e amigos ao receber Prémio Pessoa 2007

Irene Pimentel aplaudida por familiares e amigos ao receber Prémio Pessoa 2007

Várias figuras ilustres reuniram-se no Museu Militar para a 21.ª edição do Prémio Pessoa, uma iniciativa conjunta do semanário 'Expresso' e da Unisys.

Redacção Caras
4 de junho de 2008, 00:00

Foi em família e rodeada de amigos e admiradores que a historiadora Irene Flunser Pimentel, de 58 anos, recebeu das mãos do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, o Prémio Pessoa 2007, numa cerimónia que decorreu no Museu Militar, em Lisboa. A investigadora, autora do primeiro estudo completo sobre a polícia política (História da Pide, edição da Temas e Debates), dedicou este prémio àqueles "que lutam pela existência de locais de memória" e aos jovens historiadores que prosseguem o seu trabalho "num momento em que a História é por vezes encarada como uma inutilidade que nos estaria a ancorar no passado, sem nos deixar espaço para o presente e o futuro". Esta é já a 21.ª edição do Prémio Pessoa, uma iniciativa conjunta do semanário Expresso e da Unisys. O Presidente da República optou por não fazer qualquer discurso, ao contrário de Francisco Pinto Balsemão, presidente do júri, que destacou a importância do trabalho da galardoada: "A nossa premiada tem escolhido temas difíceis e polémicos sem tomar partido nem comprometer a objectividade. Premiamos, por isso, o muito que fez, desejando que faça muito mais."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras