Nas Bancas

Filipa Sabrosa confessa: "Sei que não posso exteriorizar certas coisas"

Filipa Sabrosa confessa: "Sei que não posso exteriorizar certas coisas"

Filipa Sabrosa confessa: "Sei que não posso exteriorizar certas coisas"

Aos 32 anos, Filipa Sabrosa foi um dos rostos escolhidos para a nova campanha de uma operadora de telecomunicações

Redacção Caras
4 de junho de 2008, 00:00

Sempre que o nome de Filipa Sabrosa surge como confirmado na lista de convidados para o evento, a presença da Comunicação Social é quase garantida. Foi o que aconteceu na apresentação da nova campanha da Optimus, como operador móvel oficial do UEFA Euro 2008, que teve lugar no Pavilhão de Portugal. A mulher de Simão Sabrosa, juntamente com as mulheres de dois outros jogadores da Selecção Nacional, foram as escolhidas para dar rosto a esta campanha, facto que deixou Filipa muito satisfeita. "Achei a ideia tão original que decidi aceitar. O facto de os jogos serem transmitidos em directo através do telemóvel dá para que, caso não possa estar no estádio, me sinta próximo do Simão em qualquer local", explicou, sorridente. Ao lado do avançado há dez anos, de quem já tem dois filhos, Mariana, de sete anos, e Martim, de quatro, Filipa tenta a todo o custo que o seu nervosismo e ansiedade não transpareçam para Simão, principalmente em fases de muita concentração, como esta que antecede o Euro 2008: "É muito difícil e sei que não posso exteriorizar certas coisas, mas faz parte do papel de ser mulher de um jogador e também já estou habitua-da, pois já são muitos anos."Apesar do hábito, as ausências são sempre significativas e dolorosas, conforme explicou: "Somos uma família muito 'física' e precisamos muito de estar juntos, mas é por uma boa causa."Este último ano da vida do casal tem sido passado entre Lisboa e a capital de Espanha, visto que Simão jogou a última época com as cores do Atlético de Madrid, mas o casal tem sabido gerir a situação. Sempre atenta e preocupada com o núcleo familiar, Filipa não sabe se vai poder assistir a todos os jogos do Europeu em campo. "Cada vez mais os meus filhos implicam uma preocupação constante, principalmente a Mariana, que já anda na escola e precisa de ser acompanhada, especialmente nesta fase final de ano lectivo."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras