Nas Bancas

Inspiração valeu troféus no teatro

Diogo Infante e Beatriz Batarda não esconderam a emoção e o orgulho na noite em que viram ser reconhecido o seu trabalho como actores de teatro

Redacção Caras
14 de maio de 2008, 00:00

Este foi o primeiro ano que Diogo Infante viu ser reconhecido o seu trabalho como actor de teatro, e foi com muita emoção e algum nervosismo que subiu ao palco para receber o Globo de Ouro de Melhor Actor, pelo seu desempenho na peça Hamlet. "Esta é, sem dúvida, a área com a qual me identifico mais, por isso fiquei tão emocionado. No entanto, este trabalho foi o resultado de um esforço colectivo, pelo que é justo partilhar este globo", sublinhou o actor. Beatriz Batarda também não escondeu a emoção quando anunciaram o seu nome na categoria de Melhor Actriz, pela prestação na peça O Construtor Solness: "Não estava nada à espera de ganhar... Dedico este prémio ao Luís Miguel Cintra, com quem contracenei na peça, e que me ensinou tudo o que sei como actriz." O Globo de Ouro para a Melhor Peça/Espectáculo foi para A Tragédia de Júlio César, encenada, precisamente, por Luís Miguel Cintra.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras