Nas Bancas

Carla Bruni solidária com Ingrid Betancourt

Carla Bruni solidária com Ingrid Betancourt

Carla Bruni solidária com Ingrid Betancourt

A primeira-dama francesa esteve na manifestação a favor da libertação da ex-congressista colombiana.

Redacção Caras
7 de abril de 2008, 00:00

Com uma rosa branca nas mãos, a mulher de Nicolas Sarkozy não quis deixar de marcar presença na manifestação que os franceses realizaram para pedir a imediata libertação de Ingrid Betancourt. A colombiana foi sequestrada a 23 de Fevereiro de 2002 pelos guerrilheiros das Farc e encontra-se gravemente doente. O movimento de solidariedade que invadiu Paris, este domingo, foi baptizado de "Marcha Branca". Além de Bruni, outras personalidades desfilaram pelas ruas da capital francesa como a presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, que se encontrava em visita oficial e não quis deixar de dar o seu apoio à família da sequestrada. "Esta marcha não pode ser a última. Estaremos presentes até que não haja mais nenhum refém", salientou Astrid Betancourt, irmã de Ingrid. Depois de seis anos de cativeiro, unem-se esforços para conseguir salvar a ex-congressista colombiana. Desde que se casou com Nicolas Sarkozy, Carla sempre mostrou interesse por este caso. O seu primeiro acto como mulher de Sarkozy foi, justamente, acompanhar o marido num encontro com familiares de Betancourt. Melanie Delloye, filha de Ingrid, afirmou que se sentiu muito emocionada com o discurso da primeira-dama: "Ela escutava com atenção e as suas palavras foram muito comoventes para nós."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras