Nas Bancas

Olavo Bilac emocionado no dia do seu casamento com Alexandra Baptista

Redacção Caras
26 de março de 2008, 00:00

Eram quase 17 horas do dia 22 de Março quando Olavo Bilac, de 40 anos, e Alexandra Baptista, de 26, se casaram, na Quinta de Santa Sofia, em S. Domingos de Rana, Carcavelos. Apesar da chuva que caía, o ambiente não podia ser mais caloroso. Cerca de 300 convidados aguardavam ansiosamente pelo momento em que os noivos trocariam alianças. Nervos à parte, o músico e a gestora prepararam-se a rigor para viver o dia de sonho que já vinham a planear há, pelo menos, dois meses. Mal entrou a ajudante principal da conservadora, Maria Helena Pires, que celebrou o casamento civil, os noivos não se fizeram esperar: Olavo entrou de fraque e calças escuras, com um colete e gravata em tons marfim. Ao som da Marcha Nupcial, Alexandra entrou acompanhada pelo seu pai, Eduardo Baptista. O momento comoveu o noivo, como mais tarde confessou, que ficou rendido à beleza da futura mulher. Vestida pela ProNovias para Penhalta, Alexandra envergava um vestido branco com corpete em renda de croché bordado a pedrarias, e saia de tule. Foram rodeados de crianças e sob o olhar atento de todos os presentes que os noivos deram o 'sim' e trocaram as alianças, concebidas por Gil Sousa. O momento foi celebrado com lágrimas e palmas por todos os presentes, que cumprimentaram os noivos, já marido e mulher. No salão, mais de trinta mesas compostas a rigor aguardavam os convidados. Toda a sala foi decorada em tons de branco e prateado, cores escolhidas por Alexandra. Sem flores, nas mesas destacavam-se candelabros e plumas brancas e pontuavam pequenos pormenores prata envolvidos em purpurina. O tema que os noivos escolheram para dar o mote ao jantar foram os sentimentos. 'Amor', 'Paixão' e 'Respeito', entre outras, foram as palavras de ordem de uma noite única, não só para Alexandra e Olavo, mas também para todos os familiares e amigos que com eles celebraram. A ementa escolhida foi simples mas requintada: coquetel de gambas e frutos tropicais em ananás para entrada, bacalhau com broa acompanhado de batatinhas e coentros, e cabrito assado à padeiro com arroz escuro e legumes foram os pratos principais; semifrio de limão com molho de frutos silvestres terminou a refeição em beleza. Com um sorriso permanente que não conseguiu evitar durante toda a noite, Olavo Bilac não escondeu que se sentia a viver um dos dias mais felizes da sua vida, como partilhou, emocionado, com a CARAS. "Está a ser o dia com que sempre sonhei. Durante toda a vida perguntei-me com quem iria casar-me e como seria o meu casamento, apesar de nunca ter criado muitas expectativas. Quando vi a Alexandra entrar, emocionei-me, fui mesmo às lágrimas. Sei que me casei com a mulher certa. Somos os eleitos um do outro", disse o cantor, que mais tarde cantou para a mulher. Depois de um namoro de dois anos, a gestora não tem dúvidas de que encontrou o homem que quer ao seu lado para o resto da vida: "Estou a viver o momento mais feliz da minha vida. Saber que vieram pessoas de Angola de propósito para o meu casamento... É muito especial termos aqui as pessoas que mais amamos. Hoje sinto-me uma verdadeira princesa. Acho que eu e o Olavo estávamos destinados um para o outro." Momentos depois de se partir o bolo de noiva, em maçapão e amêndoa, Fernando Cunha, um dos padrinhos de Olavo, dedicou algumas palavras ao casal. "A palavra 'impossível' deixou de fazer sentido hoje, porque o Olavo casou-se. [risos] Espero que sejam muito felizes", partilhou, divertido, o músico, que já tinha recebido o convite para ser padrinho do casamento do amigo há mais de vinte anos. O pai do noivo, Olavo Bilac Lima, estava visivelmente feliz por ver o filho casar-se com alguém de quem toda a família gosta: "É com muita alegria que vejo o meu filho a dar um novo rumo à sua vida. Fiquei muito emocionado com este momento de união e de amor. O único conselho que lhe posso dar é que continue fiel àquilo de que realmente gosta. E ele gosta muito da Alexandra, como, aliás, todos nós. Para mim, a minha nora é mais uma filha. Eles dão-se muito bem, são amigos e cúmplices." Se a família do noivo gosta da mulher que o filho escolheu, também não faltaram elogios ao cantor por parte da família de Alexandra. "Não podia sentir-me mais feliz. O Olavo é uma pessoa excepcional, é mais um filho. Só desejo que ele e a minha filha sejam muito felizes. Agora, já só peço netos", confessou Nancy Baptista, mãe da noiva. Tradicional, o casamento nem por isso fechou as portas a algumas particularidades, uma delas a música que abriu o baile. Por opção dos noivos, a habitual valsa foi substituída pelo tema Home, de Michael Bublé, um slow que os noivos dançaram mais apaixonados do que nunca. À lembrança que os dois ofereceram aos convidados também não faltou originalidade: uma fotografia do casal com a inscrição "Aquilo que te dou é sempre teu." A imagem, da autoria do fotógrafo António Gamito, um dos convidados, comoveu os presentes e recolheu amplos elogios. Emocionante foi também a participação dos amigos na festa, já que muitos dos músicos presentes cantaram e tocaram para os noivos. A animação prolongou-se até às quatro da madrugada, e podemos arriscar dizer que será difícil qualquer um dos envolvidos esquecer este dia.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras