Nas Bancas

Carla Bruni-Sarkozy atarefada no dia da sua estreia como anfitriã do Eliseu

A CARAS mostra, em exclusivo, a senhora Sarkozy envolvida nos preparativos de um jantar de Estado.

Redacção Caras
26 de março de 2008, 00:00

Depois de se ter estreado numa viagem de Estado na África do Sul, Carla Bruni-Sarkozy também já teve a sua première como anfitriã de uma recepção a um chefe de Estado estrangeiro no Palácio do Eliseu. O visitante foi o presidente israelita, Shimon Peres, que foi de imediato conquistado pela encantadora primeira-dama francesa. Bruni passou com louvor neste teste, que foi, sem dúvida, um bom treino para a prova de fogo que será, esta semana, a visita oficial de dois dias (26 e 27) ao Reino Unido, onde a aguarda o pesado protocolo de Isabel II. Para o qual a ex-modelo e cantora confessa estar a preparar-se "arduamente". A revista francesa Paris Match acompanhou Carla nas horas que antecederam a recepção a Shimon Peres, "viajando" com ela pelo palácio. O périplo começou no escritório da primeira-dama e na sala de estar das dependências privadas do casal presidencial, prosseguiu pela cozinha, caves e salão de banquetes e terminou à porta do quarto de vestir da nova senhora Sarkozy. Aqui, só ela entrou, pois era chegada a hora de se vestir para a ocasião. São dessa visita guiada por esta cicerone tão especial as fotos que a CARAS publica em exclusivo para Portugal. Casada de fresco com Nicolas Sarkozy, após três curtos meses de namoro, Carla Bruni-Sarkozy teve pouco tempo para se preparar para o seu papel de primeira-dama do Eliseu, mas reconhece que tudo se revelou mais fácil do que imaginava, graças à ajuda preciosa de todo o staff do palácio - dos mordomos e governantas aos copeiros, dos chefes de cozinha aos criados de mesa. "São pessoas apaixonadas pelo que fazem e que respeitam as tradições. Eu dei a minha opinião sobre a iluminação da sala, os arranjos de flores e a música, mas eles é que fizeram tudo", explicou a mulher do presidente francês. Por isso, apesar de assumir que nos dias que antecederam o jantar "estava inquieta, pois é difícil representar França", também confidenciou que está "muito feliz por poder fazê-lo".

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras