Nas Bancas

As confissões de Carla Bruni-Sarkozy: "Parece-me que junto de Nicolas nada de grave poderá acontecer"

As confissões de Carla Bruni-Sarkozy: "Parece-me que junto de Nicolas nada de grave poderá acontecer"

As confissões de Carla Bruni-Sarkozy: "Parece-me que junto de Nicolas nada de grave poderá acontecer"

A cantora deu a primeira entrevista de casada à respeitada revista "L'Express", que publicamos em exclusivo para Portugal.

Redacção Caras
20 de fevereiro de 2008, 00:00

A guitarra sobre o canapé; atrás dela, um lume discreto na lareira; à volta do piano, microfones, fios, mesas de mistura. Na sua casa parisiense, Carla Bruni-Sarkozy dá os últimos retoques nas maquetas do disco que está a gravar. E recebe o L'Express para dar a sua primeira entrevista desde que é mulher do presidente da República francesa, Nicolas Sarkozy. Com meticulosidade, como se estivesse a aperfeiçoar uma canção, respondeu às nossas questões ao longo de várias sessões. Casada desde 2 de Fevereiro, Carla Bruni-Sarkozy conviverá a partir de agora com as honras, as dificuldades e os deveres de uma função singular na República. No fim de Março, realizará, no Reino Unido, a sua primeira viagem oficial ao lado do marido. Nesse país do qual fala fluentemente a língua graças à sua vivência de manequim e de cantora, estará completamente à vontade, apesar das exigências do protocolo real. Mas a mulher do presidente tem, acima de tudo, que convencer os franceses que é capaz de representar bem o país deles. Depois, terá de encontrar um lugar e um tom certos a nível interno. E se ainda não sabe a que questões se dedicará no Eliseu, pelo menos já encontrou um método e uma forma de estar. O método será baseado na escuta, a forma de estar na independência. Continuar a ser a mulher que é, livre e artística, e aprender a dominar uma função inédita e exigente: é esta a nova vida de Carla.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras