Nas Bancas

Decoração: Viver em duplex

O projeto de reabilitação arquitetónica desta casa, em Lisboa, saiu reforçado pela decoração.

13 de janeiro de 2016, 15:24

Localizada na Ajuda, em Lisboa, a casa está inserida num condomínio privado, composto por dois espaços independentes, um no rés-do-chão e outro, em duplex, no primeiro andar e sótão, com um amplo jardim à retaguarda, dotado de uma zona verde, área de refeições privativa e piscina. "Quando este edifício foi adquirido pelos proprietários, há cerca de seis anos, estava totalmente inabitável e era constituído por um aglomerado de pequenas habitações independentes, tipo abarracadas, em péssimo estado de conservação e degradação, ameaçando ruína iminente", relembram os arquitetos José Mello Vieira e José Mello Relvas do ateliê GMR – Arquitetura e Engenharia, que assina o projeto de reabilitação arquitetónica e decoração dos interiores. "Quem vê este pequeno edifício do século XVIII pelo seu exterior dificilmente vislumbra o potencial do seu interior", nota. "Os atuais proprietários rapidamente se aperceberam do potencial do edifício, pela amplitude das áreas, pelo pé-direito, pela luz natural e pelas dimensões generosas e pela exposição solar do jardim localizado à retaguarda".
A habitação aqui apresentada é o duplex, do primeiro andar e sótão, com uma área de cerca de 160m2 e acesso direto ao jardim à retaguarda, através de uma escada com uma estrutura metálica e vidro incolor. "O programa definido pelo cliente era o de criar um loft, de grandes dimensões, com todas as zonas interligadas entre si", conta José Mello Vieira.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras