Nas Bancas

Decoração: Viver feliz em azul

Em Lisboa, um apartamento de 230m2 foi projetado com muita cor e conforto pela decoradora de interiores Ana Cordeiro.

Esmeralda Costa
17 de maio de 2012, 01:14

Quando menos se espera surge uma história que contraria a tendência geral e mostra como afinal os valores pesam, há confiança e finais felizes. É o caso do que aqui se conta. Há muitos anos a viver fora de Portugal, em Moçambique, um jovem casal decide procurar um profissional para decorar a casa nova em Lisboa. Surpreendentemente, os dois decidem recorrer à Internet para encontrar quem haveria de pôr em prática aquilo que tinham idealizado para o novo lar.  
Da busca, chegam à conclusão que se identificam com a assinatura de Ana Cordeiro, da Prego Sem Estopa. Passando à ação, dão início a um processo que até à apresentação do projeto tinha sido realizado à distância. "É engraçado porque surge do nada, sem referências. Achei muito curioso, nos tempos que correm, não é usual procurar na Internet um decorador, é uma área em que se arrisca menos, já que não se trata de uma compra", começa por contar Ana Cordeiro, responsável pela decoração deste apartamento no centro da capital.
A partir de Moçambique, Ana recebe então a indicação de que se tratava de um andar com cerca de 230m, com sala de estar ligada à zona de jantar através de duas portas de correr, cozinha, três quartos e três casas de banho. Sendo que na primeira abordagem "alertaram que não queriam investir muito no terceiro quarto, provavelmente seria para receber visitas, mas também planeavam, para breve, ter outra criança. Perante esta dúvida, pensei: 'não vou fazer nada, a proprietária deve estar grávida e não quer dizer'. A suspeita foi confirmada quando lhes apresentei o projeto e lhes contei o meu pensamento", reconhece a mentora da Prego Sem Estopa. O mote deste trabalho acabou por ser a cor e, através dela, a alegria que transmite, sem esquecer outra componente fundamental, o conforto! "Além destas diretrizes referiram que no decorrer das pesquisas o que lhes chamou a atenção nos meus projetos foi a alma e o detalhe que os caracterizava. Era o que procuravam", destaca orgulhosa.
Como não houve indicação de uma cor em particular, Ana começou por procurar papéis de parede e como "gosto de ter uma linha que se traduza numa cor transversal a todas as divisões, neste caso, foi o azul, a partir desse tom introduzi diferentes cores para dar maior dinâmica ao projeto", esclarece a decoradora de interiores.
No caso do hall, por exemplo, pela sua dimensão reduzida, Ana optou por um papel com riscas horizontais e alargou a decoração do espaço ao corredor, imprimindo forte impacto e acentuando entre as duas áreas, ao mesmo tempo, a sensação de um todo. A cozinha veio a revelar-se também um espaço privilegiado, a família gosta de receber os amigos, por isso, é uma área ampla e arejada, o coração da casa para a proprietária, lugar onde preza reunir todos à volta das receitas que gosta de confecionar. 
Do anterior projeto dos proprietários nada foi resgatado, o casal estava habituado a cores mais escuras (castanhos), por isso, perante a mudança drástica, o primeiro impacto foi de alguma hesitação, mas depressa passou. "Rea­giram muito bem. Tento sempre pôr-me do lado da pessoa que não trabalha em decoração, nesse sentido compreenderam e aceitaram as explicações. Embora não me conhecessem, confiaram e tudo correu pelo melhor", acrescenta Ana Cordeiro.
Quem está familiarizado com o trabalho da decoradora de interiores, sabe que esta é a sua 'base', agora talvez mais colorida porque invariavelmente segue a tendência, usar e abusar da cor.
Terminado e entregue em dezembro, atualmen­te o apartamento recebe de novo a visita de Ana Cordeiro, já que se encontra a acabar o quarto do bebé que muito em breve fará parte desta família.
E a provar o grau de satisfação dos proprietários está a promessa de que quando houver uma segunda casa, voltará a ser a proprietária da Prego Sem Estopa a ter a responsabilidade de a projetar e tornar num lugar feliz.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras