Nas Bancas

Decoração: Vida de solteiro

Apartamento de luxo, no Porto, com interiores concebidos por Francisco Neves, do ateliê 5 Janelas, à altura da vivência de um jovem estudante.

CARAS Decoração
24 de fevereiro de 2016, 15:50

Na Foz do Douro, no Porto, um apartamento de solteiro, com 207m2, distribuídos por sala comum (área de jantar e zona de estar), cozinha, dois quartos e escritório. "Adquirida há seis meses, esta é a residência de um estudante de Direito, futuro advogado. Trata-se de um espaço para ser vivido pelo jovem proprietário e receber a família e os amigos ao fim de semana, como se de um hotel de charme se tratasse", revela Francisco Neves, da 5 Janelas, responsável pela decoração dos interiores. "A arquitetura de traço simples, materiais nobres, distribuição das áreas muito bem pensada, é do Atelier DEMM Arquitetura", nota.
O designer de interiores recebeu do cliente carta branca e total liberdade para a execução do projeto. "O objetivo foi criar um ambiente masculino disperso por toda a casa sem perder o conforto, a originalidade e praticidade para quem o habita e visita", refere Francisco Neves, que recorreu a peças de mobiliário (a maior parte delas com a sua assinatura), texturas e detalhes de cores fortes, o que evita que o apartamento tenha uma aparência 'fria', mesmo com a predominância do cinza. "Foram utilizados têxteis robustos de texturas macias, tapetes com desenho exclusivo, objetos decorativos assinados e papéis de parede texturados para conferir ao espaço conforto tanto a nível visual como táctil", avança o profissional. "Na zona social, utilizei um tapete em tamanho XXL para conferir ao espaço uma maior amplitude, assim como tons neutros com apontamentos de cor. É o caso da coffee table, em forma de feijão, com tampo em mármore azul, e das almofadas decorativas, em veludo da Dedar, em várias tonalidades de azul".
Entre as escolhas com muita cor, destacam-se as obras de arte da coleção do proprietário. Na sala, lá está a escultura Sportsmen, da autoria de Kazimir Malevich, a atrair o olhar. No hall, o trabalho do artista plástico português José de Guimarães divide atenções com o azul forte do tapete desenhado em exclusivo para o projeto por Francisco Neves.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras