Nas Bancas

Decoração: Um nó bem dado

A Darono, apresentada recentemente em Paris, alia a ousadia dos materiais com uma atitude ‘eco-friendly’.

CARAS Decoração
27 de junho de 2014, 15:00

Dar-o-nó. É esta a junção simples das letras que dão origem a Darono, uma marca cem por cento nacional que, através da união da arte do trabalho manual com a inovação, "dá lugar ao que de mais original o design pode oferecer", explicam Fernanda Carvalho, Ana Freitas e Catarina Carvalho, autoras do projeto apresentado na Maison & Objet, em Paris.
As 32 peças, repartidas por oito linhas, apostam na cor e em materiais diversificados, mas elevam como elemento primordial um fio – fibra em poliéster e viscose – encorpado, que se compõe numa trança, dando lugar a artigos carismáticos. Acima de tudo, todos denunciam um lado prático e utilitário. "Esta matéria-prima tem como principais características ser antibacteriana, lavável e eco-friendly, reforçando a nossa preocupação com as questões ambientais", defendem.
Como marca de design e Home Fashion Objects Portuguesa, a Darono diferencia-se, também, pela criação de produtos personalizados, sendo possível ajustar medidas e optar por uma das 19 cores disponíveis.
Em tempo de crise no sector da decoração, as três sócias decidiram arriscar. "O facto de termos lançado a Darono numa feira internacional, subentende a necessidade de validação desse risco e a procura pelo alcance de um mercado global". O balanço dos seis meses de atividade é positivo.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras