Nas Bancas

Decoração: Liberdade estética

A Oitoemponto assina este projeto em Londres. "A perfeita diversidade é a que não comete excessos".

CARAS Decoração
10 de junho de 2014, 19:00

Grosvenor. É este o nome de família dos Duques de Westminster, o mesmo que designa a zona onde se insere este edifício, de seis andares, erguido num dos bairros mais elegantes de Londres. Por se tratar de um Monumento Histórico Inglês, Artur Miranda e Jacques Bec, da Oitoemponto, responsáveis pelo projeto de interiores, ficaram sujeitos a inúmeras limitações. "As escadas não podem ser substituídas nem os candeeiros fixados no tecto, as lareiras são eliminadas, é proibido instalar elevadores ou sistemas de ar condicionado, as molduras de parede devem ser substituídas pelos modelos originais e certificados, o desenho da circulação de uma casa deverá corresponder à arquitetura original, entre muitas outras curiosidades", sublinham os decoradores que, após um ano de negociações com o Lord Grosvenor, conseguiram criar uma fusão entre a modernidade e o classicismo, surpreendendo os proprietários.
É certo que, durante todo o processo, tiveram de alterar o seu pensamento criativo, mas como os próprios dizem, conseguiram renovar o que não pode ser modificado. Como é que isto se conseguiu? "Conciliando a modernidade a uma peça ou estrutura que, embora não possa ser modificada, consegue ser enfatizada, garantindo a harmonia com o ambiente envolvente. Um bom exemplo é a lareira. Não podíamos mexer na sua fisionomia, mas conseguimos autorização para fazer o impensável: pintá-la de preto", contam.
A habitação, com 400m, sofreu obras de remodelação integrais. Contempla uma cave com cozinha e área destinada aos empregados; rés-do-chão dividido por zona de estar e de jantar; o primeiro piso está reservado a uma pequena sala (morning room) e ao escritório; e nos três andares seguintes distribuem-se os quartos.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras