Nas Bancas

CARAS Decoração: Tapetes

Os tapetes, sinónimos de conforto, facilitam a composição do espaço. A gama de cores e materiais é extensa, daí que a escolha não seja fácil. Para ajudar, eis a nossa seleção.

Patrícia Rocha
28 de março de 2011, 16:34

Clássico ou vanguardista. Sintético ou natural. De produção industrial ou feito manualmente. Padrões e cores vivas ou mais tradicional. Com ou sem relevo. Seja qual for o tapete, a escolha deve ser feita com cuidado e sem pressa, tendo em conta que há uma vasta e diversificada oferta de modelos. Nesta produção, selecionámos exemplares, que obedecem à função que o tapete granjeou desde o século XI: complementar a decoração, sem, no entanto, deixar de aquecer e delimitar os ambientes e criar conforto. Entre os eleitos, modelos geométricos, com grafismo a evocar os anos 60 e 70, design contemporâneo e os já clássicos kilim (tapete oriental) e patchwork. Todos, em opções de cor várias, adaptáveis a qualquer tipo de decoração, bastando existir coerência e harmonia entre os seus tons e os do mobiliário

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras