Nas Bancas

Entrevista exclusiva a Jon Hutman, 'designer' de produção

Jon Hutman abriu-nos a porta da casa de Jane (Meryl Streep) na imperdível comédia 'Amar é...  Complicado!'

Cátia Pinheiro
13 de abril de 2010, 14:30

À conversa com Jon Hutman, que desenhou os cenários de Amar É... Complicado, comédia protagonizada por Meryl Streep, no papel de Jane que lhe valeu uma das duas nomeações para Melhor Actriz nos Golden Globes deste ano.

- Quando soube que queria ser designer de produção?
JON HUTMAN -
Quando terminei a minha graduação na faculdade, nas áreas de Arquitectura e Design de Teatro.

- Como começou a trabalhar no meio?
-
Comecei como assistente nos filmes "The Hotel New Hampshire" (1984) e "Viver e Morrer em Los Angeles" (1985).

- Designer de produção, o que significa exactamente?
-
O designer de produção é essencialmente o responsável pela concepção do cenário do filme... Isto inclui a escolha dos locais das filmagens, a concepção e construção dos sets, bem como a supervisão da decoração dos mesmos.

- Como começa o processo de trabalho?
-
Começamos sempre com o guião. O meu trabalho passa por desenhar os espaços onde a história se desenrola. O guião do filme é como o mapa.

- O que faz quando tem o guião?
-
Converso com o realizador. Consultamos livros, revistas... toneladas de imagens, em busca de inspiração e também para definir a orientação visual do filme.

- Até que ponto o resultado é fiel às ideias iniciais?
-
Se olharmos para trás, partindo do produto final, podemos sempre acompanhar a evolução visual do filme... Mas se partirmos do início e formos avançando é sempre um processo de descoberta.

- Quanto tempo é que passa no set?
-
Começo sempre o dia no set com o realizador. Asseguro-me que temos tudo o que é necessário para as filmagens daquele dia, e depois disso trabalho nos sets que se seguem.

- Quanto tempo levou a criar a casa da Jane, a protagonista?
-
O desenho leva cerca de um mês... A decoração mais um mês e depois mais dois meses para construir.

- Que set do "Amar... É Complicado" foi mais desafiante criar?
- Provavelmente a casa da Jane, apenas porque é a personagem central do filme. Espe­ramos que o set reflicta a realidade e complexidade da personagem.

- De que forma é que o cenário reflecte o estilo e os valores da cultura californiana e as personagens do filme?
-
Creio que há um conforto e uma elegância informal relacionados com o estilo de vida retratado no filme que é único na Califórnia.

- Como decidiu o esquema de cores?
-
Mais uma vez, a partir de conversas com o realizador e pelo entendimento do contexto, Santa Barbara... Muito quente, descontraído e ligado à terra.

- Qual a proveniência do mobiliário e dos acessórios?
-
É uma pergunta para fazer à decoradora Beth Rubino. Ela recolhe literalmente peças do mundo inteiro... Parte do mobiliário é feito sob medida. Muitos dos móveis são tipo antiguidades. Creio que é isso que torna esta mistura tão agradável.

- Quais são os seus principais objectivos como designer de produção?
-
Ajudar a audiência a viver melhor a história, através da definição do mundo no qual a história se passa.

CLIQUE PARA VER MAIS FOTOGALERIAS

CLIQUE PARA SUBSCREVER A NEWSLETTER DA CARAS


Siga a CARAS no Facebook e no Twitter !

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras