Nas Bancas

Lewis Hamilton investigado por evasão fiscal

Em causa, estão quatro milhões de euros que não declarou em 2013, após a compra de um jato privado.

CARAS
8 de novembro de 2017, 10:30

Lewis Hamilton evitou pagar impostos no valor de 4 milhões de euros sobre o seu jato privado, avaliado em 19 milhões de euros, em 2013.
No âmbito dos Paradise Papers, o The Guardian revela que a estrela da Fórmula 1 criou empresas com sede nas Ilhas Virgens Britânicas, em Guernsey, e na Ilha de Man para adquirir o avião, proveniente do Canadá.
Posteriormente, alugava o jato a uma empresa britânica, que tinha como dono e também único cliente o próprio.
Hamilton garantiu ao jornal britânico que não houve ilegalidades no negócio, no entanto, o caso está sob investigação.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.