Nas Bancas

Pedro Guimarães propõe um Natal minimalista

O decorador fala das peças especiais que idealizou para a exposição Pratas no Palácio.

Cláudia Alegria
20 de dezembro de 2012, 17:42

Garante não ser nada agarrado a tradições e assegura não termuito jeito para mesas e enfeites de Natal. Por isso, Pedro Guimarães decidiu aproveitar o seu espaço naexposição Pratas no Palácio, que decorreu no hotel Palácio Estoril,para dar a conhecer trabalho artesanal  com assinaturaportuguesa. “Neste trabalho é tudo nacional: as pratas são da Topázio, umamarca que tem artesões extraordinários e cujo trabalho, dequalidade, me deixou maravilhado. O biombo, por exemplo, resultouda junção do trabalho de qualidade tanto desses artífices como dosmarceneiros excelentes com quem trabalho e que fazem este tipo deembutidos”, explicou o decorador à CARAS, acrescentando: “Nós temos grande qualidade de materiais em Portugal, o grandeproblema é o design. Copiamos muito o que vem de fora quandodeveríamos fazer precisamente o contrário, que é criar e mostrar oque temos de bom. Só precisamos de bons desenhadores.”

Além do biombo, Pedro Gui­marães apresentou ainda uma mesa-bar,com puxadores e pés em prata, e deu um toque natalício com os pésde piricantas apanhados no seu jardim nessa manhã e com um MeninoJesus. “Queria fazer um projeto muito  simples e minimal. Acaboupor ser executado em muito pouco tempo, mas, felizmente, saiu muitobem. Less is more, como dizem os ingleses”, concluiu.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.