Nas Bancas

Soraia Chaves defende a família e diz o que a faz ser feliz

A atriz não gosta de falar sobre a sua vida pessoal, mas abre uma exceção na CARAS desta semana.

Redação CARAS
13 de dezembro de 2012, 13:31

“A vida de miséria de Soraia Chaves” ou “Soraia Chaves – Drama familiar. Novo assalto ao café dos pais dela leva-os ao ferro velho para escaparem à miséria.” Estes são títulos de artigos publicados na imprensa nos últimos meses e que desagradaram totalmente à atriz. Reservada por natureza, Soraia Chaves, de 30 anos, sempre optou por ignorar as notícias que não abonam a seu favor, mas a partir do momento em que os lesados são os seus pais, Henrique e Eunice Chaves, não consegue disfarçar que ficou revoltada. E porque preza a família, de quem é muito próxima e que tem estado ao seu lado em todas as suas conquistas, foi esse assunto que acabou por dominar esta entrevista à atriz que se destacou como Amélia em O Crime de Padre Amaro, que venceu um Globo de Ouro para melhor atriz pela sua interpretação em Call Girl e que vive agora, na novela Dancin’ Days, a vilã Raquel. FOTOS E ENTREVISTA NA CARAS DESTA SEMANA.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.