Nas Bancas

Selecionador nacional quer fazer história no Euro 2016

Mas rejeita favoritismo frente ao País de Gales

Lusa
6 de julho de 2016, 09:19

Fernando Santos assume que a seleção portuguesa de futebol quer "escrever história" e alcançar a final do Euro2016, mas rejeita qualquer tipo de favoritismo frente ao País de Gales, na partida desta quarta-feira, 6 de julho, em Lyon.
O selecionador nacional, que falava na antevisão da meia-final, admitiu que a história de Portugal em grandes competições e as sete presenças em meias-finais, entre europeus e mundiais, trazem "mais força" e servem de incentivo à equipa portuguesa.
"Estamos no presente e temos de ser nós a escrever essa história. Nós temos uma história lindíssima, não só no futebol, mas também enquanto país, mas agora queremos é escrever história. Podemos dar um passo de gigante perante um adversário fortíssimo. Temos capacidade para isso e acredito que vamos ultrapassar a meia-final e chegar a Paris", afirmou.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras