Nas Bancas

497552054.jpg

JULIAN STRATENSCHULTE

Alemanha justifica cancelamento de jogo de futebol com "indícios concretos" de ataque

Em declarações à televisão pública ARD, o chefe da polícia de Hanover, Wolker Kluwe, assegurou que havia risco de um ataque com "explosivos"

Lusa
17 de novembro de 2015, 22:52

O chefe da polícia de Hanover, Wolker Kluwe, assegurou hoje ter "indícios concretos" de um possível ataque terrorista para justificar o cancelamento do jogo futebol amigável entre as seleções da Alemanha e da Holanda.

Em declarações à televisão pública ARD, Wolker Kluwe assegurou que havia risco de um ataque com "explosivos".

O responsável disse também que, como as portas do estádio só estavam abertas há 20 minutos, decidiram não deixar entrar mais ninguém e evacuar o estádio, uma ação que decorreu sem incidentes.

O ministro do Interior alemão, Thomas de Maizière, disse hoje que o jogo de futebol amigável entre Alemanha e a Holanda em Hannover foi anulado para "proteger a população".

"Peço às pessoas para confiarem nas forças de segurança, tivemos boas razões", disse o ministro, recusando-se a dar mais informações sobre a natureza exata da ameaça.

O ministro do Interior falava em conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo do estado federado de Baixa Saxónia, Boris Pistorius.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras