Nas Bancas

1.jpg

Reuters

Morreu Laszlo Csatari, o criminoso de guerra nazi mais procurado do mundo

O húngaro Laszlo Csatari morreu aos 99 anos num hospital de Budapeste.

Lusa
12 de agosto de 2013, 10:55

Laszlo Csatari morreu no sábado de pneumonia, segundo o seu advogado, Gabor Horvath, à agência AFP.
Este húngaro estava em prisão domiciliária em Budapeste a aguardar o seu julgamento por crimes contra a humanidade, nomeadamente pelo envolvimento na deportação para campos de extermínio nazis de cerca de 15 mil judeus que estavam detidos em Kosice, na atual Eslováquia, durante a II Guerra Mundial.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras