Nas Bancas

Morreu Hugo Chávez

O presidente da Venezuela morreu esta terça-feira, anunciou o vice-presidente Nicolás Maduro.

Redação CARAS
5 de março de 2013, 22:14

Hugo Chávez morreu esta terça-feira, dia 5, em Caracas. A notícia foi confirmada emcomunicado pelo vice-presidente venezuelano, Nicolás Maduro.
O chefe de Estado da Venezuela tinha 58 anos e durante os 14 em que dirigiu opaís tornou-se num dos líderes mais controversos da América Latina.
Chávez lutava contra um cancro desde 2011, fez vários tratamentos em Cuba, masa doença acabou por vencer a batalha.

Militar reformado, Hugo Chávez foi eleito presidente da Venezuela em 1999 e promoveugrandes mudanças na política e na economia do país. Em 2006, já depois de ternacionalizado empresas privadas, mudado a Constituição e até o fuso horário dopaís, foi reeleito com mais de 62% dos votos e, seis anos depois, com 54%.
Depois das últimas eleições foram poucas as vezes em que apareceu em públicodevido à sua saúde. Esta ausência originou, desde logo, rumores de que a doençapoderia ser muito mais grave do que se pensava e que o Governo poderia estar aocultar informações.
A 10 de junho de 2011, a imprensa anunciou que Chávez tinha sido operado deurgência em Cuba devido a um problema na região pélvica e, apesar das diversastentativas do Governo de desvalorizar o assunto, o presidente acabou porconfirmar, vinte dias depois, que se tratava de um tumor. “É o meu novo visual”, disse o líder venezuelano em agosto do mesmoano quando apareceu em público de cabelo rapado. Em outubro fez novos exames emCuba e disse estar “livre da doença”.
No início de fevereiro deste ano anunciou que seria novamente operado, devido aum problema semelhante ao que tinha tido em 2011. Foi depois submetido atratamentos de radioterapia, mas acabou por não resistir.
Nas últimas semanas foram muitos os rumores que afirmavam que o chefe de Estadovenezuelano estava muito debilitado e que, inclusivamente, poderia já estarmorto. O Governo desmentiu sempre as notícias que falavam da gravidade do seuestado de saúde, até esta segunda-feira, em que o ministro de Comunicação e Informaçãoda Venezuela afirmou, através das rádios e televisões, que HugoChávez apresentava“uma nova e grave infeção" e que permanecia num "estadomuito delicado". "A função respiratória relacionada com oestado de imunodepressão próprio da sua situação clínica piorou”, disseainda Ernesto Villegas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras