Nas Bancas

Isaltino Morais com a mulher, Patrícia Camarinho, e o filho, Afonso.

Isaltino Morais com a mulher, Patrícia Camarinho, e o filho, Afonso.

Nuno Miguel Sousa

Isaltino Morais apresenta último recurso para evitar prisão no Tribunal Constitucional

O autarca pede a "inconstitucionalidade" da decisão do Tribunal da Relação de Lisboa, que o condenou a uma pena de prisão de dois anos.

Lusa
4 de março de 2013, 18:18

O presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, apresentou hoje o último recurso no Tribunal Constitucional (TC), com efeito suspensivo à execução da pena de prisão de dois anos, aplicada por fraude fiscal e branqueamento de capitais.
Fonte do TC referiu à agência Lusa que "deu entrada hoje" um recurso de Isaltino Morais, "aguardando-se a sua distribuição, o que deverá ocorrer em breve".
O autarca recorre para o TC para pedir a "inconstitucionalidade" da decisão do Tribunal da Relação de Lisboa.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras